Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Basma Bakri

Órfãos da Terra: Dalila se apresenta com nome falso, e Jamil decide investigar

Reprodução/TV Globo

Jamil (Renato Góes) vai desconfiar da chegada da vilã no Brasil em Órfãos da Terra - Reprodução/TV Globo

Jamil (Renato Góes) vai desconfiar da chegada da vilã no Brasil em Órfãos da Terra

REDAÇÃO

Publicado em 9/5/2019 - 7h15

Jamil (Renato Góes) reagirá desconfiado ao ver o rosto de Dalila (Alice Wegmann) pela primeira vez em Órfãos da Terra. A vilã desembarcará no Brasil usando um nome falso e se apresentará ao mocinho e a Laila (Julia Dalavia). O ex-capanga de Aziz (Herson Capri) terá certeza de que já ouviu a voz daquela mulher antes e resolverá investigar.

Dalila e Jamil tiveram contato duas vezes na novela das seis. Ainda no Líbano, quando Aziz havia prometido casar o afilhado com sua filha preferida, eles se encontraram, mas a vilã ficou de véu e não revelou seu rosto. Depois, quando o sheik morreu, o mocinho ligou para ela para dar a notícia.

Disposta a se vingar, a libanesa vai adotar um nome falso, Basma Bakri, e enviar uma mensagem para o centro de refugiados como se fosse uma empresária interessada em fazer uma doação.

"Acabei de mandar uma mensagem para o diretor do centro de refugiados. Em poucos dias, chego aí, no Brasil. Na verdade, quem vai chegar não será Dalila Abdallah. Mas Basma Bakri! O nome falso que eu vou usar!", anunciará ela ao seu novo aliado: Paul (Carmo Dalla Vecchia).

No Brasil, o padre Zoran (Angelo Coimbra) não desconfiará de nada e comemorará o interesse da falsa empresária em fazer uma doação. "Acabo de receber um email de uma empresária libanesa, Faruq [Eduardo Mossri]. Ela quer fazer uma grande doação para nós!", falará, empolgado.

Será no centro de refugiados que acontecerá o encontro entre os mocinhos e a vilã. O padre Zoran apresentará Dalila para o casal.

Desconfiado

"Muito prazer, ustáza Basma Bakri", dirá o personagem de Renato Góes. "O prazer é todo meu", responderá Dalila. "Eu sou Laila, mulher de Jamil! Então, a senhora é síria?", perguntará Laila. "Nasci em Damasco. Mas, por favor, não me chame de senhora. Temos quase a mesma idade", pedirá a vilã, forçando simpatia.

Quando estiver a sós com o marido, Laila comentará que achou a reação dele estranha diante da falsa empresária. "Não sei, Laila. Mas parece que conheço essa Basma de algum lugar", comentará Jamil. "Não tenho certeza. Acho que conheço de algum lugar, mas não consigo me lembrar de onde", insistirá ele.

"De onde pode ser? Ela é síria. Será que não confundiu com outra bint que conheceu no Líbano?", perguntará a mocinha. "Tem alguma coisa de familiar nos olhos dela, na voz... É, vai ver estou confundindo mesmo", dirá Jamil, desconfiado.

O encontro não sairá da cabeça de Jamil, que comentará com Zuleika (Emanuelle Araújo) sobre a sua primeira impressão ao ver Basma. "Conheci uma empresária hoje, no Instituto de Refugiados. Ela é síria. Mas fiquei cismado. Acho que conheço essa bint de algum lugar", dirá ele.

"Qual o nome dela?", perguntará a prima de Laila. "Basma Bakri", responderá ele. "Vamos acabar com essa cisma e é agora!", dirá a filha de Rania (Eliane Giardini), que irá ao escritório de Miguel (Paulo Betti) para usar o computador.

Ao fazer uma busca pelo nome falso de Dalila, no entanto, aparecerão fotos dela em sua suposta casa na Síria e até na falsa empresa. O mocinho ficará convencido de que sua desconfiança não faz sentido.

A cena está prevista para ir ao ar a partir do dia 18.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Órfãos da Terra e de outras novelas! 

Últimas de Órfãos da Terra


Resumos Semanais

Resumo da novela Órfãos da Terra: Capítulo de 21 de setembro

Sábado, 21/9 (Capítulo 149)
Camila inicia seu depoimento. Dalila reclama de ter a alta adiada. Padre Zoran convida Missade a voltar a dar aulas no Instituto. Benjamin sente ciúmes de Letícia. Letícia fica encantada com o trabalho de Faruq no ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?