ANÁLISE

Novela para quem não vê novela, Amor de Mãe precisa mudar... e logo!

Reprodução/TV Globo

A atriz Regina Casé em cena como Lurdes em Amor de Mãe, novela das nove da Globo

Regina Casé voltou às novelas para viver Lurdes, uma das protagonistas sofridas de Amor de Mãe

CLAUDINO MAYER - Publicado em 15/12/2019, às 05h46

Amor de Mãe mal completou três semanas no ar e já tem chamado a atenção. Mas, infelizmente, pelos motivos errados. Se continuar como está, tem tudo para sofrer ajustes ou mudanças drásticas, como a saída do diretor José Luiz Villamarim ou uma intervenção mais direta do supervisor Ricardo Linhares, salvador oficial de novelas da Globo.

Tanto Villamarim quanto Manuela Dias, estreante como autora titular, estão fazendo uma novela para espectadores que não são de telenovelas. A estética é pensada para quem vê minisséries, gênero no qual a escritora tem mais experiência.

A dupla acha que está fazendo cinema na TV e parece desprezar os padrões de linguagem da novela brasileira. O formato exige um modelo de narrativa que não pode simplesmente ser desprezado. Até dá para experimentar algo diferente do que o público está acostumado a ver, mas isso deve ser feito em doses homeopáticas.

Amor de Mãe tem utilizado a linguagem da sétima arte, e isso pode fazer com que o telespectador mude de canal, porque não há nada ali que prenda sua atenção. Os atores, que deveriam aproximar o público da narrativa, não demonstram sequer expressões faciais adequadas para que a emoção seja compreendida.

A câmera subjetiva, da maneira como é utilizada, distancia quem assiste daquilo que é assistido. Em cenas intensas, nas quais os atores deveriam estampar todos os seus sentimentos nos rostos, seus personagens são mostrados de costas. A emoção por meio do close, um enquadramento básico na linguagem da telenovela, está sendo ignorada em sequências densas.

A realidade colocada nas histórias das três protagonistas também não é benéfica. Telenovela precisa entreter o público. As pessoas não gostam de ver o feio, as mazelas periféricas. É tanto drama que o tom da obra beira o fúnebre. As novelas não podem lembrar uma reportagem de telejornal.

Autora e diretor parecem trazer questionamentos e inquietações sob seus pontos de vista. E isso é válido. Mas eles querem experimentar em um horário no qual já existe uma padronização. Estão a ignorar os gostos e desejos do público.

Amor de Mãe recebeu elogios de críticos e das redes sociais por apresentar uma trama bem elaborada. Narrativa, trilha sonora e as ações que interligam os personagens de maneira espontânea também foram bem avaliadas. Manuela Dias chegou a ser apontada como a única esperança para "salvar" o gênero telenovela.

Mas críticos e internautas não formam a grande fatia de quem acompanha as novelas. O público de verdade é aquele que deixa até de fazer outros afazeres para assistir a uma hora de um folhetim diariamente. E esses espectadores fiéis esperam um certo padrão nas histórias que veem.

Se Manuela e Villamarim não fizerem ajustes em sua novela, e logo, a Globo terá de agir para consertar o curso de um navio aparentemente sem rumo. E Lícia Manzo, a autora da próxima novela das nove, terá a difícil missão de recuperar a boa audiência conquistada por A Dona do Pedaço.


CLAUDINO MAYER é doutor em Ciências da Comunicação, pesquisador e especialista em Teledramaturgia pela USP (Universidade de São Paulo) e professor do curso de Cinema e Audiovisual da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso)


Além de acompanhar o resumo de Amor de Mãe aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.

Últimas de Amor de Mãe

Resumos semanais

Resumo da novela Amor de Mãe: Capítulo de 21 de março

Sábado, 21/3 (Capítulo 102)
Verena se recusa a voltar para casa com Álvaro. Álvaro conversa com Lucas sobre Verena e Estela. Davi recusa a proposta de Álvaro para fazer as pazes com Benjamim. Raul aconselha Davi a contar para ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook