Coitadinha

Martírio em dobro: Os cinco maiores sofrimentos de Cris em Espelho da Vida

Fotos: Reprodução/TV Globo

Cris (Vitória Strada) não tem um momento de sossego e plenitude na novela Espelho da Vida - Fotos: Reprodução/TV Globo

Cris (Vitória Strada) não tem um momento de sossego e plenitude na novela Espelho da Vida

REDAÇÃO - Publicado em 19/02/2019, às 05h16

A protagonista Cris (Vitória Strada), de Espelho da Vida, conseguiu uma proeza: se tornou a mocinha mais sofredora da teledramaturgia não só em uma, mas em duas encarnações. Quando está na vida passada, se angustia pelas pessoas do presente e pelo mistério que quer descobrir. Quando está no presente, não consegue viver bem e fica pensando no passado. É difícil lembrar uma cena dela plena ou despreocupada.

No ar desde setembro, Espelho da Vida já proporcionou sofrimentos de diversos tipos para a personagem. No início, ela passou por um grave acidente ao tentar entrar na casa de Julia, além de ter desmaios. Também enfrentou os maus-tratos e as armações de Isabel, que seguem até o presente momento.

Agora, com a novela se encaminhando para o final, Cris foi taxada de louca e até internada à força num hospital. Em geral, a mocinha sofre muito com seu próprio psicológico e suas emoções, bem desgastados com as viagens no tempo. Relembre cinco grandes sofrimentos que Cris teve na novela das seis:

No início da novela, Cris sofreu um acidente e sentia uma energia diferente na cidade

Cris e o acidente
No início da novela, a casa de Julia Castelo ainda era um local muito misterioso e considerado perigoso. Mesmo assim, Cris foi até lá, mas encontrou a porta fechada. Ela tentou entrar por uma janela, e ao forçar a tranca parte da construção desabou sobre a mocinha.

Nos primeiros capítulos, ela também sentiu a energia pesada de Rosa Branca nas vezes em que se aproximou da história de Julia --Cris desmaiou no cemitério, por exemplo. Devia ter entendido como um sinal para ficar longe de tudo, mas...

O relacionamento entre Cris e Alain teve altos e baixos, mas os baixos foram mais frequentes

Cris e os conflitos com Alain
Foi só chegarem em Rosa Branca que Alain (João Vicente de Castro) e Cris (Vitória Strada) começaram a ter problemas no relacionamento. A mocinha logo ficou obcecada pela história de Julia, e ele nunca entendeu tamanho interesse. Ainda mais quando o tempo de Cris era muito mais dedicado à vida passada do que às gravações do filme, que era o objetivo principal da ida do casal à cidade. 

As brigas com Alain foram constantes na novela. Os dois discutiam, terminavam, sentiam-se culpados, voltavam, discutiam, terminavam de novo. Um dos momentos mais críticos foi quando Alain sofreu um acidente de carro e ficou internado em estado grave. Cris se culpou muito porque só descobriu horas depois --estava vivendo nos anos 1930 e não foi socorrê-lo.

Quando queria jogar mais baixo com Cris, Isabel levava sua filha, Priscila (Clara Galinari)

Cris e a implicância de Isabel
Assim como Cris é obcecada com a história de Julia, Isabel é obcecada em destruir a rival. A típica inveja que a jornalista sentia por a atriz ser a atual namorada de seu ex evoluiu para um enorme ranço sem nenhum motivo.

Ao longo da trama, Isabel fez Cris sofrer de diversas maneiras: criou intrigas, armou para colocar Alain contra a mocinha, deu em cima dele descaradamente, fez reportagens para prejudicar a atriz e, mais recentemente, dopou Cris e quebrou o espelho para que ela ficasse presa no passado. Não se pode dizer que Isabel não se esforçou para deixar a vida de sua inimiga miserável.

Cris foi internada contra sua vontade num hospital psiquiátrico, mas conseguiu escapar

Cris e a loucura
Foi --e ainda tem sido-- difícil para as pessoas ao redor de Cris acreditarem que ela consegue usar um portal para se transportar para os anos 1930. Em várias ocasiões, a mocinha foi vista como louca, perturbada pelos outros personagens. Ela foi examinada por Dalton (Marcello Escorel) muitas vezes, até que começou a confundir passado e presente de forma mais alarmante. Preocupada, sua mãe Ana (Júlia Lemmertz) decidiu interná-la num hospital psiquiátrico, para desespero da mocinha.

A protagonista de Espelho da Vida não consegue viver em paz em nenhuma encarnação

Cris dividida entre duas linhas do tempo
O grande problema que Cris enfrenta no atual momento da trama é nunca estar 100% em nenhuma encarnação. Como Julia, ela tenta descobrir os mistérios sobre a morte dela, além de ter de lidar com um pai violento, uma mãe frágil, um casamento indesejado e um amor proibido.

No presente, ela se preocupa com tudo isso que deveria deixar no passado, e ainda tem que fingir estar bem e lidar com os conflitos da vida como Cris. Na última semana, ela não deu conta dessa mistura e surtou. Chamou Alain de Gustavo Bruno e se desesperou por querer voltar ao passado e cuidar da mãe doente. Cris tem sofrido muito para viver duas vidas de uma vez só.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Espelho da Vida e de outras novelas! 

Últimas de Espelho da Vida

Resumos semanais

Resumo da novela Espelho da Vida: Capítulos de 28 a 30/3

Quinta, 28/3 (Capítulo 157)
Danilo descobre que Eugênio sequestrou Cris/Julia e o bebê. Piedade se desespera ao ver o estado da filha. Dora e Gustavo planejam fazer Cris/Julia sofrer. Alain conversa com Dalton e assume que acredita ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook