Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

FAMÍLIA É TUDO

Longe das novelas há dez anos, Thaila Ayala não ficou parada: 'Fiz um monte de coisa'

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Com um vestido rosa de um ombro só, Thaila Ayala posa para foto em frente ao banner de Família É Tudo

Thaila Ayala estará de volta em Família É Tudo: atriz ficou dez anos longe das novelas

CARLA BITTENCOURT, colunista

carla@noticiasdatv.com

Publicado em 3/3/2024 - 16h00

Influenciadora digital, apresentadora, mulher de Renato Góes, mãe de Francisco e Tereza, de dois anos e de 10 meses, respectivamente, e atriz. Há dez anos longe das novelas, Thaila Ayala retorna aos folhetins em Família É Tudo para "provar" aos desavisados que nunca deixou de trabalhar.

"É muito isso, né? No Brasil, pra você ser atriz, tem que fazer novela. Fiz séries, fiz filmes, fiz até filme fora [do Brasil], fiz um monte de coisa. Mas fiquei esses dez anos sem fazer novela e eu, realmente, recebo um monte de pergunta do tipo: 'parou de trabalhar?'. Aí eu falo: 'Não, só parei de fazer novela'", contou a atriz em conversa com o Notícias da TV.

"Realmente, esse é um público gigantesco... As novelas falam com um Brasil gigante. São milhões de pessoas te assistindo. E eu estava ansiosa para colocar a carinha ali, para falar com esse público de novo", disse Thaila, animada, no lançamento da próxima novela das sete da Globo.

Na história, a atriz viverá Elisa, uma perita em caligrafia, que se envolverá com Júpiter (Thiago Martins). Ela gosta dos prazeres da vida em meio aos luxos que ele pode proporcionar e ficará preocupada com rumores sobre as novas condições financeiras do namorado.

É que, para ele continuar recebendo dinheiro da família, o bonitão precisará voltar a se relacionar com os quatro irmãos; essa é a condição para ele herdar a fortuna da avó Frida (Arlete Salles), que terá sido dada como morta.

"Ela é uma personagem muito desafiadora. Ela tem uma ambição grande, poderia até ser considerada uma vilã, mas estou tentando muito defender a Elisa, trazer humanidade para ela. Quero que as pessoas se identifiquem em algum lugar porque, mesmo dentro dessa ambição absurda que ela tem, ela é muito honesta", opinou a atriz.

A última novela de Thaila Ayala na Globo tinha sido Sangue Bom (2013). Depois disso, ela fez filmes como O Matador (2017), Talvez uma História de Amor (2018) e Inverno (2022) --além de Pica-Pau (2017), longa que marcou sua estreia em Hollywood.

Na vida pessoal, ela se casou com o ator Renato Góes e virou mãe de seus dois filhos. O marido, aliás, é um dos protagonistas da novela que marca seu retorno aos folhetins.

"Eu queria muito voltar à telinha, à Globo, a fazer novela. E já trabalhei com o Fred [Mayrink, diretor artístico] há um tempo atrás. Eu tive a sorte de ter trabalhado com ele. É um cara que, realmente, dirige o ator. E é uma leveza no set. É uma delícia trabalhar com ele", valorizou.

"Já namoro o Dani [Daniel Ortiz, autor] há muito tempo. Se eu tô nessa novela, é graças ao Dani, que me chamou para o teste. Ele foi lá e disse: 'Vem fazer o teste'. E eu: 'Quero muito fazer, quero muito fazer' (risos). Queria muito estar nessa novela, queria muito trabalhar com o Dani. Sou fã do trabalho dele", festejou ela no papo com a reportagem.

Thaila admitiu que deu um trabalhinho para a direção: "Esses dias eu fui gravar com o Thiago [Martins] e tive que pedir desculpas pra ele no final, porque eu tive uma crise de riso... E não conseguia voltar a gravar. É uma delícia poder voltar numa novela leve, engraçada, divertida. Tô muito feliz".


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Fuzuê e outras novelas.


Resumos Semanais

Família É Tudo: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 21/5 a 1º/6

Terça, 21/5 (Capítulo 68)
Júpiter invade o quarto de Guto, que foge. Leda e Lizandra ouvem Guto se declarar para Lupita, enquanto ela dorme. Vênus prepara uma surpresa para Tom. Paulina convence Patty a se encontrar com ela. Plutão teme ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.