Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

GUITO

Ignorado pelo autor de Pantanal, ator fez peregrinação até conseguir teste

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Guito grava cena com expressão séria, como Tibério em Pantanal

Guito passou sufoco até conseguir o o personagem Tibério em Pantanal, remake da Globo

MARCELA ALMEIDA

marcela@noticiasdatv.com

Publicado em 19/5/2022 - 15h21

Guito lutou para conseguir o papel de Tibério em Pantanal. Ele chegou a mandar mensagem para Bruno Luperi, o autor do folhetim, mas não teve nenhum retorno. Ator estreante da novela das nove da Globo, ele largou a vida de executivo na Coca-Cola para morar no interior e viver seu sonho na arte.

"Na Coca-Cola, eu perdi cada vez mais o controle da minha vida, das coisas que gosto de fazer. Eu não decidia mais aonde ia passar férias, quando posso viajar ou ver minha família. Eles remuneram com dinheiro, mas dinheiro para mim não compra o tempo", declarou ele em entrevista ao G1. 

Antes de conquistar o personagem, o artista abriu um empório em Araxá (MG), onde mora com a mulher e os dois filhos. Ele vendia cachaças, queijos, cafés e azeites da roça. Também vivia como cantor e desenvolveu um "palco motor-home" para shows corporativos e festas de empresas.

Com o comércio e shows afetados, Guito passou por um sufoco para sobreviver na pandemia. "Na pior fase só restou encher minha Rural de queijo e cachaça e sair vendendo de porta em porta. Foi isso que fiz antes da novela. Era a única coisa que eu podia fazer para botar dinheiro em casa para meus 'bezerrinhos'".

Na luta por Pantanal

Foi nessa época que o ator viu a notícia sobre a nova versão de Pantanal. "Eu não esperava jamais ser um Tibério. Mas eu sabia que poderia participar de uma roda de viola ali, talvez entrar uma música minha, fazer um peão", afirma. Ele mandou uma mensagem para o autor da trama brincando saber de todas as falas da novela, mas foi ignorado por Luperi.

Mas Guito não desistiu e foi atrás da ex-mulher de um primo jogador de futebol, filha de Oswaldo Loureiro, ator que viveu o Chico Taxista em 1990. Foi então que ele conseguiu o contato de Priscila Lobo, a preparadora de elenco do folhetim. O artista passou por longos meses de testes até ser aprovado.

"Cheguei para gravar em Mato Grosso de carro. Peguei a minha Rural, com vinho para caramba. Pensei: 'Um lugar que vai ter 30 artistas e não tem um bar? Esse povo vai querer vinho. Deixa comigo'. A gente foi fazendo aquelas rodinhas de viola, foi criando um ambiente muito gostoso a ponto de que, quando foi para gravação, eu já estava bem à vontade com os atores."

O local de gravações já era familiar para ele, acostumado a viajar e a fazer shows em fazenda. Guito transmitiu a tranquilidade de quem vive no interior para Tibério. "Hoje estou de folga aqui. Quando ando na rua as pessoas param o carro, tiram foto no supermercado. Todo mundo reconhece o bigode também. Bem marcante, né?", declara ele feliz com o novo trabalho.


Últimas de Novela Pantanal


Resumos Semanais

Novela Pantanal: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 28/6 a 9/7

Terça, 28/6 (Capítulo 80)
Filó convence Tadeu de que ele é filho de José Leôncio. Marcelo se arrepende de ter ajudado na venda de terras de Tenório. José Leôncio acorda com um mau pressentimento. O Velho do Rio agoniza em ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.