Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SUCESSO

Globo fixa novo horário de reprises após O Cravo e a Rosa superar Venenosa

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Adriana Esteves como Catarina em O Cravo e a Rosa, usando uma blusa vermelha e um cabelo curto

Adriana Esteves em O Cravo e a Rosa; sucesso da novela incentivou Globo a manter horário

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 3/2/2022 - 7h00

O sucesso de O Cravo e a Rosa (2000) incentivou a Globo a manter a nova faixa de reprises logo depois do Jornal Hoje. O que era considerado até então um teste do setor de Programação agora foi fixado, e novelas das seis e das sete ocuparão o horário de vez. O motivo? A trama de Walcyr Carrasco conseguiu o que parecia impossível, superar A Hora da Venenosa em São Paulo.

A edição especial da história estrelada por Adriana Esteves e Eduardo Moscovis, estreada em dezembro, abriu vantagem contra a Record em todo o Brasil. A sua sucessora começará a ser discutida nas próximas semanas.

O objetivo é encontrar uma novela que tenha o mesmo apelo popular que o folhetim escrito por Walcyr Carrasco, para manter os números em alta. Uma nova exibição de uma trama do autor campeão de audiência não é descartada.

No entanto, o foco seguirá nas novelas de humor. Como O Cravo e a Rosa tem uma duração muito longa e deve ficar no ar até setembro, se a sua edição continuar no ritmo atual, a Globo não precisa ter pressa para escolher. Antes, a direção precisa decidir o que entra no lugar de O Clone (2001) no Vale a Pena Ver de Novo.

O principal feito de O Cravo e a Rosa foi vencer em cidades consideradas problemáticas para a Globo. Mesmo que ainda perca em Salvador e Goiânia, a história de Petruchio (Moscovis) e Catarina (Adriana) devolveu a liderança em Vitória, Florianópolis e Manaus, lugares onde a Record conseguia batê-la com tranquilidade até bem pouco tempo na faixa das 14h30.

Até o momento, a média de O Cravo e a Rosa em São Paulo, principal mercado do país, é de 12,2 pontos. No mesmo horário, a Record tem 8 pontos com A Hora da Venenosa. No PNT (Painel Nacional de Televisão), que mede as 15 principais regiões do país, os números são mais baixos para a Globo, mas ainda na casa dos dois dígitos: 10,1 pontos, contra 8,6 da Record.

Nos 42 confrontos desde que a novela estreou, a Venenosa perdeu 41 vezes. A Globo não conseguia um número de vitórias tão grande no horário desde que o Vale a Pena Ver de Novo deixou a faixa, no fim de 2013. A emissora também está feliz com o retorno de engajamento da trama. A repercussão tem sido alta nas redes sociais.


Últimas de O Cravo e a Rosa

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.