Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MALDADES DE SIMEÃO

Gênesis: Ovelha desgarrada, filho lava a honra de Jacó com sangue; saiba por quê

BLAD MENEGHEL/RECORD

O ator Igor Cotrim está em um acampamento, com tendas ao fundo, e com cara de poucos amigos como Simeão em cena de Gênesis

Igor Cotrim interpreta Simeão em Gênesis; ele promoverá chacina para salvar honra da família

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 16/8/2021 - 21h00

Simeão (Igor Cotrim) vai provocar um banho de sangue para restaurar a honra de Jacó/Israel (Miguel Coelho/Petrônio Gontijo) em Gênesis. Ele invadirá a cidade de Siquém (Marcelo Filho) e promoverá uma chacina para dar uma lição no príncipe por ele ter tirado a virgindade de Diná (Giovanna Coimbra) antes do casamento na novela bíblica da Record.

A jovem, que é a única mulher entre os 13 irmãos, vai se deitar com o nobre depois de ser embriagada por Lúcifer (Igor Rickli) no folhetim de Camilo Pellegrini, Stephanie Ribeiro e Raphaela Castro. O fidalgo, no entanto, vai se oferecer para corrigir o erro e pedirá a mão da garota ao pastor de ovelhas.

Apesar da decepção, Jacó aceitará a proposta para não deixar Diná mal falada em toda Canaã. Ele exigirá apenas que Siquém e todos os homens de seu vilarejo se convertam ao Deus de Abraão (Zécarlos Machado) e, para isso, vão passar por uma circuncisão.

"As coisas não podem ficar assim. Aquele maldito humilha a pequena, deita-se com ela quando não tinha nenhum direito e agora eles viram um só povo com a gente?", reclamará Levi (Gustavo Rodrigo). "O miserável e toda a cidade têm que pagar pelo que foi feito com a nossa irmã", concordará Simeão.

O personagem de Igor Cotrim detalhará o plano aos irmãos nas cenas que serão exibidas a partir desta quinta (19):

A gente vai esperar eles cumprirem com a parte deles no acordo. Quando eles estiverem debilitados pela dor da circuncisão, a gente vinga a nossa irmã. Reúna os servos de confiança. Daqui a três dias, a gente vai fazer uma visitinha à cidade. Aqueles malditos vão ter o que merecem.

Diná (Giovanna Coimbra) em Gênesis

Banho de sangue

Diná será surpreendida por Simeão e os irmãos ao cuidar de Siquém, debilitado pela cirurgia. "Ora, ora. Aqui está o aposento e a pessoa que eu estava procurando", dirá o mau-caráter. "O que você vai fazer? Por que você está aqui?", questionará a caçula de Lia (Michelle Batista/Ingra Lyberato).

Orgulhoso, o rapaz exigirá sua espada suja de sangue para o cunhado, que arregalará os olhos sem poder fugir do aposento. "Você gostou de abusar da minha irmã?", questionará o herdeiro de Jacó. "Por favor, não faz nenhuma besteira. Eu amo a Diná de verdade", assegurará o monarca.

Simeão se enfurecerá com as palavras e enfiará a lâmina no peito do príncipe. Em seguida, ele ainda agarrará Diná com brutalidade pela cintura para levá-la de volta ao acampamento. "Não, me solta! Me larga! Siquém", gritará a morena, aos prantos.

Gênesis é uma adaptação livre do primeiro livro da Bíblia. O folhetim é dividido em sete fases, e, atualmente, a Record exibe a sexta --Jacó. Além dos spoilers, o Notícias da TV publica o resumo da novela bíblica.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#70 - Ressuscita! Cora reza e traz José Alfredo de volta em Império" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Gênesis e outras novelas.


Últimas de Gênesis


Resumos Semanais

Resumo da novela Gênesis: Capítulo de 22 de novembro

Segunda, 22/11 (Capítulo 220) 
Lúcifer é impedido de invadir festa de Israel. Herit anuncia gravidez a Shereder. Judá se redime por ter vendido José. Asenate chora de felicidade ao lado do governador-geral do Egito. Deus surge em discurso final. Abumani surpreende ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.