Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CANCELADO

Ex-BBB, Mahmoud é criticado por tentar ajudar afegãos com aplicativo de namoro

Reprodução/Instagram

Mahmoud Baydoun em foto publicada nas redes sociais

Mahmoud Baydoun em foto publicada nas redes sociais; ex-BBB está sendo cancelado na web

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/8/2021 - 16h31

Ex-participante do BBB18 e do No Limite 5, Mahmoud Baydoun foi criticado nas redes sociais após tentar ajudar afegãos da comunidade LGBTQIA+ de Cabul, capital do Afeganistão. Ele tentou contatar pessoas através do Grindr, aplicativo de namoro voltado para o público gay. A iniciativa foi detonada pelos internautas.

Segundo o sexólogo, sua intenção era falar com usuários locais do aplicativo para oferecer ajuda. Ele chegou a mudar a localização de seu celular para Cabul, mas o Grindr não funciona no país.

"Estou preocupado com os LGBTs do Afeganistão. Mudei a localização do Grindr pra Cabul pra perguntar se alguém precisa de ajuda, mas o app não roda lá. Tenso!", escreveu Baydoun em seu perfil oficial no Twitter.

Após o ex-BBB revelar a sua tentativa de apoio através do aplicativo, se tornou alvo de críticas.

"Não é possível uma falta de noção dessas", escreveu um perfil intitulado Renks. "Irmão, em todos os meus anos de vida nunca vi um herói como você tentando salvar pessoas através de um aplicativo de foda", acrescentou o internauta Da Vinci.

Na opinião de alguns críticos de Baydoun, a crise política enfrentada no Afeganistão não permite que os cidadãos de Cabul pensem em usar aplicativos de namoro. Outros apontam que o sexólogo está se aproveitando da ocasião para ganhar publicidade.

Veja abaixo as manifestações de Mahmoud Baydoun sobre a crise em Cabul:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.