Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SURTO DE COVID-19

Gênesis atrasa com piora na pandemia, picota capítulos e grava cenas às pressas

REPRODUÇÃO/RECORD

O ator Zécarlos Machado está em um campo verdejante e olha para cima, como se orasse, no papel de Abrão em cena de Gênesis

Zécarlos Machado interpreta Abrão em Gênesis; novela sofre atraso por recrudescimento da Covid-19

DANIEL FARAD e MÁRCIA PEREIRA

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 5/5/2021 - 7h10

O agravamento da pandemia se tornou uma das principais "pedras no sapato" de Gênesis. A Record trabalha com três frentes de gravações e corre para concluir a atual fase, Jornada de Abraão, antes que novas medidas possam comprometer ainda mais o planejamento da novela bíblica. Os capítulos, aliás, têm sido "picotados" para ganhar tempo nos bastidores.

O elenco que integrou o trecho sobre Sodoma e Gomorra só foi efetivamente dispensado na última quinta (29), ainda que algumas cenas tenham sido rodadas há meses por conta da pós-produção. Os efeitos especiais para mostrar a destruição das cidades por fogo e enxofre são custosos e demorados, o que levou a produção a adiantar essa parte da gravação.

O grupo de Edir Macedo, no entanto, postergou ao máximo para rodar sequências com muitos figurantes, a exemplo da guerra travada por Quedorlaomer (Gustavo Novaes), à espera de que os números da Covid-19 enfim melhorassem. A segunda onda, no entanto, bagunçou de vez o esquema e obrigou a direção a adaptar as filmagens à nova realidade.

Segundo fontes do Notícias da TV, as passagens que demandam cem ou mais figurantes no set são realizadas com apenas 10 ou 15 pessoas, multiplicadas posteriormente por computação gráfica. Todos passam por testes de RT-PCR para detectar a presença do Sars-Cov-2 e são acompanhados por monitores que vigiam o uso de máscara, o distanciamento e outros protocolos.

Uma das principais preocupações era com a emboscada de Abrão (Zécarlos Machado) contra os elamitas, na qual ele e seus 318 homens cercam os inimigos do alto de um desfiladeiro. A Record precisou adaptar os roteiros e trocou as externas pelos seus estúdios para ter um maior controle sobre o elenco.

Operação tartaruga

O público já sente os efeitos dos atrasos no material que vai ao ar, editado para dar fôlego aos que trabalham por trás das câmeras. Boa parte do capítulo que foi exibido na última segunda (3) estava inicialmente previsto para ir ao ar na sexta (30). A previsão é esticar o bloco, que contaria inicialmente com cinco episódios, em até uma semana.

O texto bruto, entregue pelos roteiristas Camilo Pellegrini, Stephanie Ribeiro e Raphaela Castro, já daria por si só uma margem de manobra para a edição. Os autores deixaram algumas "gorduras", com roteiros maiores do que o necessário e que naturalmente já seriam divididos, mas não a esse ponto.

A Record avalia internamente que não há risco de a novela deixar de exibir material inédito ou muito menos sair do ar, mas uma eventual terceira onda de coronavírus durante o inverno poderia comprometer seriamente os trabalhos.

Não à toa, a equipe já se desdobra para adiantar ao máximo os principais acontecimentos da sexta e da sétima fases, que acompanharão Jacó (Petrônio Gontijo) e José (Juliano Laham), respectivamente.

A direção já tinha sofrido pressão do elenco e da equipe para dar o bom exemplo ao interromper as gravações no final de março. A pausa por conta de restrições no Rio de Janeiro, onde ficam os Estúdios Casablanca, foi fundamental para bagunçar o "meio de campo".

A vantagem que permitiu a Record colocar uma novela inédita no ar na frente da Globo, diga-se de passagem, não é fruto de um esforço de organização e sim de inúmeros atrasos e problemas de produção. A previsão inicial era de que Gênesis ocupasse o horário nobre no lugar de Jezabel em agosto de 2019, mas ela acabou adiada duas vezes.

Em suma, a equipe de Edgard Miranda teve dois anos para captar imagens e conseguiu entregar três fases prontas e uma em adiantado estado na estreia em janeiro de 2021 --Jardim do Éden, A Arca de Noé, Torre de Babel já tinham sido concluídas e Ur dos Caldeus precisava de apenas mais alguns detalhes.

Procurada, a Record não se pronunciou até o fechamento deste texto.


Saiba tudo que vai rolar nos próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#57 - Cora se apaixona, e clima pega fogo em Império!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Gênesis e outras novelas.


Últimas de Gênesis


Resumos Semanais

Resumo da novela Gênesis: Capítulos de 15 a 22 de outubro

Sexta, 15/10 (Capítulo 194) 
O faraó tem um sonho misterioso. Adurra é agressivo com Asenate e a ameaça. José é chamado pelo faraó.   Segunda, 18/10 (Capítulo 195) 
Asenate é mantida presa. José interpreta o sonho do faraó. Potifar tem uma ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas