Raquel Bertani

Fofoqueira de As Aventuras de Poliana, Nadine vira campeã de ranço na internet

Reprodução/SBT

Cena da personagem Nadine, vivida pela atriz Raquel Bertani na novela As Aventuras de Poliana - Reprodução/SBT

Cena da personagem Nadine, vivida pela atriz Raquel Bertani na novela As Aventuras de Poliana

FERNANDA LOPES - Publicado em 30/01/2019, às 05h38

Desde que começou a aparecer em As Aventuras de Poliana, a personagem Nadine é definida pelos telespectadores por uma só palavra: ranço. Segundo a atriz Raquel Bertani, que a interpreta na novela do SBT, muitos fãs vão até suas redes sociais para deixar claro que é esse o sentimento que a vilã inspira. A atriz não se abala e até curte a abordagem.

"Toda vez que posto algo no Instagram, eles [público infantil] falam da personagem. São muito ligados, o que é ótimo pra gente, que tem um feedback muito rápido dos personagens. Logo que entrei na trama, o que mais falavam é esse negócio do ranço que sentem pela Nadine, que eu chorava de rir. Essa palavra estava muito [na moda] no momento e ficou. Eu fiquei abismada, era só isso que falavam", lembra.

O ranço que Nadine provoca no público tem fundamento. A personagem é uma funcionária da 0110, empresa de games da novela, e além de ter se interessado por um homem casado, é a maior leva e traz da firma. Ela faz de tudo para se dar bem, sem se importar muito com as relações pessoais. 

"Ela é muito ambiciosa, não mede muito as atitudes no ambiente de trabalho, quer subir a qualquer custo. Ela acha que, se aproximando do chefe e levando fofoca pra ele, pode se dar bem. É aí que a galera pega mais ranço dela", explica Raquel.

Nadine é a primeira personagem da atriz no SBT e sua primeira vilã na carreira. Raquel diz que se empolgou com o trabalho por poder representar uma mulher no mundo dos games (ainda muito masculino e até machista) e pelo desafio de criar uma antagonista.

Ela conta que viu vários filmes e séries para construir Nadine, e a principal referência veio da personagem Emily, a funcionária puxa-saco vivida por Emily Blunt no filme O Diabo Veste Prada (2007). "Eu torço pra Nadine se regenerar, encontrar o amor. Acho que ela não é de todo ruim, dá pra ela escapar", defende Raquel.

Ex-modelo, a atriz começou a carreira televisiva como apresentadora na PlayTV. Em 2008, ela foi contratada para ser uma espécie de VJ e apresentar um programa sobre estreias de cinema. Mas Raquel não se sentia realizada no cargo e foi fazer faculdade de Jornalismo. "Achava que eu ia ser a próxima Fátima Bernardes", brinca.

Mesmo assim, ainda não sentia que havia encontrado seu rumo e entrou para um curso de teatro. Dois anos depois, passou em um teste para a novela Guerra dos Sexos (2012), na Globo, e só então não teve mais dúvidas de que era esse caminho que queria mesmo seguir. 

Raquel não descarta voltar a ser apresentadora, mas por enquanto seu foco é na atuação e na diversão nos estúdios.

"Eu adoro trabalhar e conviver com crianças, são grandes gênios. É impressionante a naturalidade com que elas fazem tudo. Hoje eu só gostaria de ter um programa se não me impedisse de trabalhar com a novela, se desse pra conciliar. São duas coisas que eu amo muito fazer", afirma.

Últimas de As Aventuras de Poliana

Resumos semanais

Resumo da novela As Aventuras de Poliana: Capítulos de 18 a 25 de outubro

Sexta, 18/10 (Capítulo 373)
Poliana diz a Luísa que deseja terminar seus estudos na Ruth Goulart e pede para continuar na cidade. Pendleton pergunta a Ester o que ela sente por Poliana. Fernanda pede para Raquel ficar em casa ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.27%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
27.00%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook