Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FIM TRÁGICO

Éramos Seis: Lola vinga sangue do filho morto com barraco em banco; entenda

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Gloria Pires em um close, com expressão de rancor, levemente descabelada caracterizada como a Lola em cena de Éramos Seis

Gloria Pires em cena como a matriarca da família Lemos na novela das seis; Lola conseguirá quitar a casa

DANIEL FARAD

Publicado em 27/1/2020 - 5h05

Um caixa de banco implicará com Lola (Gloria Pires) enquanto a dona de casa tenta quitar o financiamento de sua casa em Éramos Seis. O funcionário deixará a viúva com os nervos à flor da pele ao afirmar que ela perdeu o prazo para pagamento. A doceira não deixará barato e obrigará a aceitar o dinheiro para honrar o sacrifício de Carlos (Danilo Mesquita).

A cozinheira terá recebido uma bolada ao descobrir que o namorado de Inês (Carol Macedo) assinou um seguro de vida em seu nome em cenas que serão exibidas a partir de 8 de fevereiro. Ela usará o dinheiro para se livrar das dívidas. "Carlos disse que ia cuidar de mim, olhar por nós. Ele queria tanto quitar a casa. A casa será nossa, mas a que preço, meu Deus?", lamentará.

Ainda abalada, a matriarca interpretada por Gloria Pires chegará à agência bancária amparada por Afonso (Cássio Gabus Mendes). A confeiteira não conseguirá segurar a emoção ao ver um jovem casal pagando a primeira parcela de seu imóvel. Ela se lembrará dos momentos difíceis ao lado de Júlio (Antonio Calloni), quando eles contavam cada moeda para pagar as prestações.

Perdida entre seus pensamentos, a irmã de Clotilde (Simone Spoladore) voltará a si já diante do guichê de atendimento. "Vim pagar o que falta da casa financiada na avenida Angélica. Empréstimo em nome de Júlio Abílio de Lemos", dirá a mulher, prestes a realizar o maior sonho de sua vida.

Bate-boca

Diante do contrato, o atendente conferirá os valores e encontrará um problema na ficha. "Pelo que vejo, a casa já devia ter sido quitada. A senhora não cumpriu o prazo", explicará ele, causando revolta em Lola. "Renegociei a dívida, pagando juros altíssimos. Não estou devendo nenhum favor. Quero pagar o que resta e dar por encerrado esse empréstimo", exigirá ela.

Cheia de raiva, a sobrinha de Emília (Susana Vieira) colocará a grana em cima do balcão e armará o maior barraco. "Tenho dinheiro. Meu filho me deixou. Não me diga que não é suficiente. Aqui ó, tem muito dinheiro. E tem sangue, muito sangue, o sangue do meu filho. É ou não é o suficiente?", disparará a quituteira.

Atônito, o bancário contará as notas às pressas, sem criar mais caso. "Tem até troco. Pronto, a casa é sua, minha senhora. Até que não foi tão difícil, os anos passam rápido", minimizará o trabalhador, carimbando um comprovante.

Ela contemplará o documento com lágrimas nos olhos. "Teve momentos em que o que eu mais quis foi ter esse recibo na minha mão. E hoje eu digo, com sinceridade, custou tanto que não representa mais nada. É como se eu não tivesse casa", confessará Lola na novela das seis da Globo.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis


Resumos Semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e comunica ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Sex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?