Memória da TV

Em 1977, autora do livro Éramos Seis se irritou com traição sofrida por Lola

Divulgação/Globo

Os atores Gloria Pires e Antonio Calloni caracterizados como Lola e Júlio em Éramos Seis

A protagonista Lola (Gloria Pires) sofrerá com o adultério do marido, Júlio (Antonio Calloni) em Éramos Seis

THELL DE CASTRO - Publicado em 06/10/2019, às 06h58

Autora do premiado livro Éramos Seis, que deu origem a cinco adaptações para a televisão brasileira no formato de novela --a mais recente estreou na Globo há duas semanas, Maria José Dupré (1898-1984) ficou muito irritada e não aprovou uma inserção feita nas adaptações da obra: o romance extraconjugal de Júlio com Marion.

Apresentada ao elenco da segunda versão da Tupi na noite da estreia, em 6 de junho de 1977, Dupré demonstrou seu aborrecimento com o caso do personagem, vivido naquela versão por Gianfrancesco Guarnieri (1934-2006). Nos remakes seguintes, o Júlio foi interpretado por Othon Bastos (SBT) e Antonio Calloni (Globo).

"É demais. Sempre me culpei por ter criado a dona Lola tão sofrida, agora o marido a desrespeita", disse aos artistas, desaprovando o fato inserido na trama por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho. O caso foi relatado pelo pesquisador Ismael Fernandes (1945-1997) no livro Memória da Telenovela Brasileira, publicado em 1982.

A escritora, que morreu alguns anos depois da exibição da Tupi, disse que não veria a trama por conta do ocorrido. "Não me apresentem a aventura de Júlio, será demais para mim”, enfatizou, de acordo com o livro.

A dançarina de cabaré Marion não consta no livro, lançado em 1943. Ela foi vivida por Carmem Marinho em 1977, Elisangela em 1994, e é interpretada por Ellen Roche, na versão atual. No capítulo da próxima quinta (9), inclusive, Júlio dormirá nos braços da amante após mais uma desavença familiar, quando, inclusive, agredirá Lola (Gloria Pires).

divulgação/Globo

Ellen Rocche interpreta a dançarina Marion, que deixará Júlio encantado em Éramos Seis

Locomotivas

Além do problema envolvendo Júlio e Marion, a trama da Tupi teve outro problema: o sucesso de Locomotivas, novela das sete exibida pela Rede Globo basicamente no mesmo período, em 1977.

Estrelada por Eva Todor (1919-2017), Lucélia Santos, Aracy Balabanian, Walmor Chagas (1930-2013) e grande elenco, a trama de Cassiano Gabus Mendes (1929-1993) caiu no gosto do público e atrapalhou a trajetória de Éramos Seis, apesar da qualidade da adaptação da Tupi, prejudicando seus números no Ibope.

Numa tentativa de melhorar a audiência da trama, a Tupi mudou o horário da novela para 19h30, começando logo após Locomotivas --estratégia que seria adotada por Silvio Santos alguns anos depois, na versão exibida pelo SBT.

Para destacar o fato junto ao público, a emissora publicou um anúncio nos jornais: "A Rede Tupi mudou a novela Éramos Seis para as sete e meia da noite. Assim você não perde as Locomotivas. Éramos Seis, a novela mais humana e comovente da televisão, a partir do dia 15 de agosto, vai começar às sete e meia da noite".

"A Rede Tupi mudou o horário para você não perder nenhuma das duas novelas de que você gosta. E o novo horário coincide com o início da segunda fase de Éramos Seis. Se por acaso você perdeu a primeira, não tem importância. A vida continua. Em cada capítulo da vida de Dona Lola você vai encontrar muito da sua própria vida. A Rede Tupi está marcando audiência com você", dizia o comunicado.

"Podem me chamar de maluco. E eu posso quebrar a cara. Mas não vamos mais dar uma de avestruz e enfiar a cabeça dentro da terra para não ver as evidências", declarou Rubens Furtado, diretor da Tupi, à revista Veja de 24 de agosto de 1977.

A estratégia deu certo: a trama, que alcançava míseros 3,3 pontos, contra 65 de Locomotivas, chegou a quase 13. No novo horário, Éramos Seis foi exibida até 31 de dezembro daquele ano, terminando com 165 capítulos.


THELL DE CASTRO é jornalista, editor do site TV História e autor do livro Dicionário da Televisão Brasileira. Siga no Twitter: @thelldecastro

Últimas de Éramos Seis

Resumos semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 18 a 26 de outubro

Sexta, 18/10 (Capítulo 17)
Lola rejeita a ideia de Júlio. João avisa a Afonso que pretende levar Shirley e Inês para Salvador. Isabel fala de sua festa com Júlio, que é rude com a menina. Shirley apoia Afonso quando ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.27%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
27.00%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook