Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DIFÍCIL DE FAZER

Dira Paes defende sotaque dos personagens de Pantanal: 'Não é forçado'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Dira Paes sorri enquanto encara Fátima Bernardes --fora do quadro-- durante participação no Encontro

Dira Paes no Encontro com Fátima Bernardes desta terça (12); atriz rebateu críticas sobre sotaque

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 12/4/2022 - 12h46

Dira Paes entra em cena em Pantanal apenas a partir desta terça-feira (12). Porém, antes mesmo de fazer sua estreia como Filó, a atriz rebateu críticas direcionadas à construção dos personagens. Uma delas diz respeito ao sotaque feito pelos atores na novela das nove da Globo.

"É um sotaque que mistura São Paulo, Goiás, Minas... É difícil de fazer. Em um primeiro momento, as pessoas pensam: 'Nossa, eles tão forçando'. Mas não é forçado, a gente conviveu com pessoas que falam dessa maneira", defendeu a atriz, durante participação no Encontro com Fátima Bernardes.

A artista também admitiu sentir "frio na barriga" antes do início da segunda fase. Ela sente que o público se apegou demais aos atores que interpretaram os personagens mais jovens. Os próprios intérpretes, aliás, compartilham do mesmo sentimento. "Nos sentimos tão bem representados [pelo elenco da primeira fase] que até nós mesmos estamos nos estranhando", brincou.

Dira Paes divide Filó com Leticia Salles, estreante na televisão. Durante a entrevista, a artista ressaltou que deixou a novata livre para construir a personagem, e, depois, se virou para imitar os trejeitos dela.

"O público já entendeu que a Filó não é perfeita, que tem convicções muito próprias, que tem uma personalidade forte. Ela ama esse homem incondicionalmente. Mais do que isso: viu nele uma grande esperança de ter uma vida, porque ela veio de uma corrutela. A personagem representa muitas meninas que não têm outra opção na vida", destacou a atriz.

Acima de tudo, a artista vê Filó como a representação da base da sociedade brasileira: as mães. "Principalmente as mães solteiras, porque a Filó não deixou de ser uma mãe solteira. Terão muitos desdobramentos do relacionamento dela com o José Leôncio [Marcos Palmeira]", adiantou a atriz.

No folhetim, a ex-prostituta deu à luz Tadeu (José Loreto), fruto de uma relação de uma noite com o protagonista. O boiadeiro, porém, nunca assumiu a paternidade em público. Ele até reconhece que o menino é seu filho, mas, para todos os efeitos, cumpre apenas o papel de padrinho.

O folhetim foi originalmente escrito por Benedito Ruy Barbosa e exibido em 1990 pela extinta Manchete (1983-1999). O remake da Globo é adaptado por Bruno Luperi, neto do autor.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#96 - Mulher-onça e casos de família na segunda fase de Pantanal!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Pantanal e outras novelas:


Últimas de Novela Pantanal


Resumos Semanais

Novela Pantanal: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 10 a 20/8

Quarta, 10/8 (Capítulo 117)
Maria Bruaca evita olhar para Guta e segue com a chalana. Juma confessa ao Velho do Rio que se sente só. Miriam sugere que Jove fique mais tempo na fazenda. Mariana tenta convencer José Leôncio a ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.