Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

CHAVES NA GLOBO?

Depois de dona Florinda no Fantástico, seu Madruga aparece em Alma Gêmea

REPRODUÇÃO/TELEVISA

Ramon Valdés e Florinda Meza têm expressões de surpresa em cena de Chaves

Ramon Valdés e Florinda Meza em cena do mexicano Chaves, que "invadiu" a Globo dois dias seguidos

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 17/6/2024 - 18h43

Um dos programas mais associados ao SBT --apesar de ser uma produção da mexicana Televisa--, o seriado Chaves (1973-1980) "invadiu" a Globo nesta segunda-feira (17), durante a exibição de Alma Gêmea no Vale a Pena Ver de Novo. O ator Carlos Seidl, conhecido por ser a voz do seu Madruga no Brasil, apareceu no capítulo da reprise. O fato acontece horas depois de Florinda Meza, a dona Florinda, dar as caras no Fantástico.

Seidl surgiu rapidamente em uma cena da novela de Walcyr Carrasco em que Crispim (Emilio Orciollo Netto) procura um escultor para encomendar uma imagem de Santo Expedito. O ator deu vida ao artista, mas se recusou a trocar a figura religiosa por um leitão, como era o desejo do caipira.

"Eu arrumo [a imagem], mas não quero leitão. Me pague em dinheiro! Eu quero dinheiro na mão!", disse o personagem, invertendo o jogo a que o personagem de Ramon Valdés (1924-1988) estava acostumado --Madruga é que era sempre cobrado pelo senhor Barriga (Édgar Vivar) em Chaves.

Dublador experiente, Carlos Seidl também deu voz a Stan Lee (1922-2018) em vários projetos da Marvel, dublou dezenas de personagens em Os Simpsons, fez o pai do protagonista de O Laboratório de Dexter (1996-2003) e o doutor Lelé da animação O Novo Pica-Pau (1999-2002), entre outros.

reprodução/tv globo

Carlos Seidl, voz do seu Madruga no Brasil, em Alma Gêmea

É a segunda associação que a Globo faz ao fenômeno mexicano em menos de 24 horas. No Fantástico de domingo (16), uma reportagem no Vaticano mostrou Fábio Porchat participando de um encontro promovido pelo papa Francisco com humoristas do mundo todo.

Fábio Porchat pediu selfie para Florinda Meza no Vaticano (Reprodução/TV Globo)

Antes de entrar no local em que veria o pontífice, o brasileiro tirou foto com vários ídolos da comédia, como Jimmy Fallon, Julia Louis-Dreyfus, Conan O'Brien e Chris Rock. Ele também pediu uma selfie para a mexicana Florinda Meza, viúva de Roberto Gómez Bolaños (1929-2014) e conhecida por ter vivido a dona Florinda em Chaves (1973-1980). "A gente tá tietando mesmo. A vida é assim!", minimizou.

As pequenas homenagens são uma maneira de os amantes de Chaves matarem a saudade da comédia, que está fora da televisão brasileira (e mundial) desde 31 de julho de 2020. Uma briga entre os herdeiros de Bolaños e a Televisa criaram um impasse nos direitos de exibição do seriado.

Acusada por fãs de ser responsável pelo sumiço da atração, Florinda precisou se defender e explicou que não tem nada a ver com o assunto. "Dizem que eu me oponho à transmissão dos programas de Chespirito. Total e absoluta mentira. Eu respeito e amo o público, assim como Roberto. Tanto Roberto como eu respeitávamos e amávamos nossa profissão. Era nosso prazer. Para mim, segue sendo", justificou ela no ano passado.

A artista ainda revelou que duas pessoas administram os contratos de transmissão dos programas de Bolaños. O comprador tentou colocar as atrações humorísticas no ar em quatro ocasiões, mas não obteve sucesso: "Que tristeza. O público e o comprador estão esperando. Perguntem a quem tiverem que perguntar".


Resumos Semanais

Resumo de Alma Gêmea: Capítulos da novela da Globo - 22 a 26/7

Segunda, 22/7 (Capítulo 61)
Dalila diz a Roberval que vai colocar Raul contra a parede. Cristina conta para Agnes e Adelaide que está esperando um filho de Rafael e a tia fica angustiada ao pensar que Cristina vai tomar o ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.