Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

CLÁSSICO DAS SEIS

Com vilãs icônicas e memes no TikTok, reprise de Alma Gêmea confunde o público

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Flávia Alessandra grita como Cristina em cena de Alma Gêmea

Flávia Alessandra como Cristina em cena de Alma Gêmea: vilã é levada para o fogo do Inferno

IVES FERRO

ives@noticiasdatv.com

Publicado em 16/3/2024 - 6h10

Alma Gêmea (2005) vai substituir Paraíso Tropical (2007) no Vale a Pena Ver de Novo a partir de 6 maio na Globo. Reprisada uma única vez em 2009 na televisão aberta, a novela de Walcyr Carrasco se tornou um clássico da dramaturgia e continua viva na memória dos telespectadores --não apenas pelo sucesso inegável na exibição original, mas graças ao TikTok e às redes sociais, que replicam em massa cenas icônicas da história.

As vilãs Cristina (Flávia Alessandra) e Débora (Ana Lucia Torre) tiveram as falas ácidas eternizadas em memes, a mocinha Serena (Priscila Fantin) não é mais levada a sério por acreditar ser indígena, e os efeitos especiais de 2005 do folhetim espírita ainda rendem piadas pela falta de recursos da época.

A Globo anunciou a segunda reprise da novela e deu um nó na cabeça do público, que acusou a emissora de reprisar sempre a mesma história --mas não é bem assim. Os campeões de reexibição são Mulheres de Areia (1993) e O Rei do Gado (1996), reprisadas na TV aberta três vezes cada.

A ideia de que Alma Gêmea teria sido exibida várias vezes acontece por conta da memória afetiva do público. A reprise recente da saga de Serena no canal Viva em 2022 também ajudou a deixar a novela mais fresca.

Walcyr Carrasco conseguiu criar um folhetim à la Romeu e Julieta, obra de William Shakespeare (1564-1616), com doses do espiritismo, tema que conduziu outras novelas de sucesso na Globo. Não a toa, a escolha de Alma Gêmea para substituir Paraíso Tropical é uma maneira de a emissora "fazer as pazes" com quem segue os ideais da religião.

Inicialmente, a faixa do Vale a Pena Ver de Novo contemplaria apenas novelas das oito e das nove, mas a Globo quebrou o protocolo por conta do baixo índice de audiência de Paraíso Tropical.

Alma Gêmea é considerada pela emissora uma novela com a mesma força de títulos do horário nobre. O Outro Lado do Paraíso (2017) era a cotada para vir após o folhetim de Gilberto Braga (1945-2021) e Ricardo Linhares.

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Débora Alma Gêmea

Débora (Ana Lucia Torre) em memes de Alma Gêmea

Memes de Alma Gêmea

A inocência da mocinha protagonista de Priscila Fantin foi replicada em brincadeiras com seu sotaque indígena. No início da novela, Serena vive em uma aldeia quando recebe um chamado para ir a São Paulo.

A personagem de Julia Lemmertz tenta ensinar frases para a nativa, que se confunde. "Tem rosa em Sapaolo? Sapaolo!", pronuncia Serena, que completa: "Agora sei que é pra Sapaolo que Serena tem que ir".

O momento em que Serena critica a população branca também virou meme na internet. "Estou chorando, mas não é de tristeza. Vocês brancos não têm coração!", dispara ela, que leva uma invertida de Zulmira (Carla Daniel). "Mas Serena, você também é branca", retruca a empregada.

A megera interpretada por Flávia Alessandra só perde para Nazaré Tedesco (Renata Sorrah), de Senhora do Destino (2004), como "rainha dos memes". Cristina passou a novela inteira atrás de joias --o que virou seu bordão--, e acabou queimada no fogo do Inferno. A cena em que um demônio a leva para dentro de um espelho ficou marcada.

Débora, a mãe de Cristina, também não passou batida. Igualmente maldosa, a vilã é famosa pela frase "finalmente os refrescos", quando tenta envenenar o mocinho Rafael (Eduardo Moscovis) e acaba bebendo a própria substância. Sua alma deixando o corpo é um momento bastante lembrado na internet.


Resumos Semanais

Resumo de Alma Gêmea: Capítulos da novela da Globo - 16 a 19/7

Terça, 16/7 (Capítulo 57)
Rafael exige que Raul permita o namoro de Felipe e Mirella, e ele assente. Felipe encontra Serena na casa de Mirella. Ela conta que fará terapia de vidas passadas para saber sobre Luna. Kátia apresenta Ritinha ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.