Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

BRIGA POR DIREITOS

SBT é proibido de exibir Chaves no Brasil; entenda o que houve

Divulgação/Televisa

Caracterizado como o menino Chaves, Roberto Gómez Bolaños faz expressão triste

O mexicano Roberto Gómez Bolaños caracterizado como o Chaves; fora do ar e sem previsão de volta

LUCIANO GUARALDO e JOÃO DA PAZ

Publicado em 31/7/2020 - 13h10
Atualizado em 31/7/2020 - 14h35

Tapa-buraco favorito do SBT, o mexicano Chaves não pode mais ser exibido pela emissora de Silvio Santos. A Televisa notificou a rede brasileira na última quarta-feira (29) sobre a proibição de colocar no ar os episódios do menino que mora em um barril. Segundo comunicado oficial, o motivo é um problema com o titular dos direitos da história.

O contrato do SBT com a Televisa era válido até esta sexta (31), mas a renovação teria sido acertada verbalmente, segundo o SBT. Os personagens de Roberto Gómez Bolaños (1929-2014) fazem parte da programação da emissora desde 1984, sempre com boa audiência e repercussão entre os fãs.

O impasse nas negociações com os detentores dos direitos de Chaves, Chapolin e outros personagens de Bolaños também tiraram os humorísticos da programação do Multishow, que exibia os queridinhos do público brasileiro desde maio de 2018. O Prime Video, streaming da Amazon que disponibilizava os episódios por aqui, também foi obrigado a tirar o mexicano de seu catálogo.

O problema envolve a Televisa, conglomerado de mídia mexicana que exibiu os programas e, portanto, é dona dos direitos da obra produzida (ou seja, as fitas com os episódios antigos), e o Grupo Chespirito, administrador do espólio de Bolaños e titular dos direitos intelectuais (personagens e roteiros dos capítulos, por exemplo).

Chaves era salvador das tardes do SBT

A reviravolta chega em péssima hora para o SBT: na última quarta, Chaves começou a ser exibido nas tardes da emissora para levantar a audiência --o programa mexicano não fazia parte da grade diária desde agosto do ano passado.

A tática foi implantada para salvar o ibope do Triturando, que estava caindo aos pedaços como a atração menos sintonizada do SBT. Exibido dentro do Bom Dia & Cia, Chaves marcou 6,2 e 6,9 pontos de média na Grande São Paulo nos últimos dois dias. Assim, a atração comandada por Chris Flores cresceu de audiência colado na comédia e deixou a lanterna da emissora.

Na quinta (30), embalado pela turma do menino de suspensório, o Triturando foi mais visto até do que a reprise da novela Cúmplices de Um Resgate, exibida no horário nobre, e ficou à frente de outros cinco programas da emissora.

O Clube do Chaves, que era exibido aos sábados, das 4h às 8h, será substituído por Crimes Graves (das 4h às 6h), The Big Bang Theory (das 6h às 7h15) e Patrulha Salvadora (7h15 às 8h).

Em seu Twitter oficial, o SBT publicou um trecho da série em que Chaves vai embora da vila. A emissora preferiu não escrever nada na legenda, apenas sinalizou a mensagem com um símbolo de choro. Nos comentários da postagem, os fãs do clássico lamentaram a proibição.

Confira o comunicado do SBT sobre a mudança:

"A partir deste sábado, 1º de agosto, o SBT deixará de exibir o seriado Chaves. A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira (29), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias.

A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/7/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou há apenas poucos dias do fim do contrato.

O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente."

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?