NOTÍCIAS DE 2016

Com temas velhos, Amor de Mãe expõe mofos e escancara bastidor de fila na Globo

Reprodução/TV Globo

A atriz Jéssica Ellen grita juntamente com Cacá Otoni em cena de movimento estudantil da novela Amor de Mãe, da TV Globo

Camila (Jéssica Ellen) com Joana (Cacá Otoni) e outros alunos durante ocupação de escola na novela

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 24/01/2020, às 05h16

Após dar surra de emoção com a minissérie Justiça em 2016, Manuela Dias iniciou as pesquisas para sua primeira novela como autora titular. Naquele ano, o movimento estudantil ocupou escolas em quase todo o país. O aparecimento de maços de dinheiro em uma praia do Rio de Janeiro também foi destaque do noticiário. Ambos os temas presentes em Amor de Mãe provam que Globo adiou a execução do folhetim.

A história de Manuela teve Lurdes (Regina Casé) encontrando um "tesouro" no mar da Urca (bairro do Rio de Janeiro), assim como aconteceu na vida real com algumas pessoas há quatro anos. Nesta semana, foi a vez dos alunos de Camila (Jéssica Ellen) vivenciarem na ficção o que muitos estudantes sentiram na pele em 2016 em um movimento contrário a reforma do ensino médio.

As notícias velhas mostram mais do que o emboloramento do roteiro da atual novela das nove, escancaram os ajustes que a emissora teve de fazer na fila de produções do principal produto de sua programação.

Walcyr Carrasco furou o cronograma com A Dona do Pedaço (2019). O novelista foi convocado para levantar o ibope deixado abaixo dos 30 pontos de audiência --meta do horário-- por O Sétimo Guardião (2018). Mas a fila de produções das 21h já vinha sendo bagunçada havia um tempo.

Antes, teve o imbróglio na Justiça envolvendo a sinopse da última novela de Aguinaldo Silva. Alunos de um curso de roteiro do autor moveram uma ação requerendo direitos autorais. Para quem não lembra, a Globo teve de adiar a estreia e adiantar Segundo Sol (2018). 

Manuela Dias, portanto, teve três anos para trabalhar na construção de Amor de Mãe. Não é à toa que pôde entrelaçar tantos personagens e promover várias viradas em apenas 52 capítulos.

Trata-se de uma novela muito bem pensada e que arrebatou a crítica, mas não consegue empolgar o público. Nem as habilidades do diretor artístico José Luiz Villamarim, que conduz as encenações com maestria e imprime linguagem cinematográfica à trama, impactam naquele que é o principal consumidor do produto: o noveleiro.

O folhetim completará dois meses no ar neste sábado (25) com números de audiência insatisfatórios: 28,5 pontos no Ibope da Grande São Paulo até o capítulo da última quarta (22). Porém, o pior é mesmo a falta de repercussão no boca a boca e nas redes sociais.  


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Amor de Mãe e de outras novelas!

Últimas de Amor de Mãe

Resumos semanais

Resumo da novela Amor de Mãe: Capítulo de 21 de março

Sábado, 21/3 (Capítulo 102)
Verena se recusa a voltar para casa com Álvaro. Álvaro conversa com Lucas sobre Verena e Estela. Davi recusa a proposta de Álvaro para fazer as pazes com Benjamim. Raul aconselha Davi a contar para ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook