Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PESCADOR PARRUDO

Cinco heróis em trajes de gala para não objetificar Marcos Pasquim em Kubanacan

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Marcos Pasquim sem camisa e com os braços atados para trás como Esteban em Kubanacan

Esteban (Marcos Pasquim) em Kubanacan; novela de Carlos Lombardi ganha "reprise" no Globoplay

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 6/12/2020 - 6h50

Kubanacan (2007) chega no Globoplay nesta segunda (7) para fazer mais uma geração de adolescentes sonhar às escondidas com Marcos Pasquim. Com os hormônios à flor da pele, garotas e garotos alçaram o "pescador parrudo" Esteban ao posto de símbolo sexual na novela das sete --muito por conta das cenas com pouca roupa e muita ação.

O artista não chegou a pegar uma gripe por sempre gravar descamisado nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, com um forte ar-condicionado. Ele, no entanto, já confessou que colocou os bofes para fora por conta das inúmeras sequências de tiro, porrada e bomba de seu personagem.

Aos 51 anos, o galã pode até não figurar mais nas capas de caderno, mas segue no imaginário dos telespectadores nas redes sociais. A reprise no serviço de streaming da Globo levou a uma enxurrada de postagens no Twitter sobre como o protagonista da produção foi um marco para a descoberta da sexualidade.

A aversão às camisas nunca trouxe qualquer problema sério para o intérprete, que também já desfilou com o torso nu em outras produções assinadas por Carlos Lombardi, como Uga Uga (2000) e O Quinto dos Infernos (2002).

O comprimento e o tamanho das peças de roupa, no entanto, ainda são apontados como uma espécie de álibi para que inúmeras mulheres ouçam impropérios nas ruas. Elas são chamadas para "se dar o respeito" --um pedido que não fizeram para Pasquim ou qualquer outro homem, pelo menos até agora.

Confira cinco heróis bem vestidos que podem desviar os olhares da objetificação de Marcos Pasquim:

divulgação/UNIVERSAL PICTURES

Daniel Craig em 007: Sem Tempo para Morrer

James Bond

O terno e a taça de martini são, sem dúvida, parte do charme que levou Sean Connery (1930-2020), Pierce Brosnan e Daniel Craig a marcarem época como o agente secreto James Bond. O traje de gala não parece muito adequado para Esteban usar no meio de uma ilha no meio do Caribe, mas pelo menos Marisol (Danielle Winits) poderia assumir o posto de bond girl.

reprodução/hasbro

O ranger preto em Mighty Morphin Power Rangers

Power Ranger

As chances são altas de que o personagem de Marcos Pasquim vire o ranger preto na hora de morfar. Afinal, o rapaz convive com uma personalidade nomeada como Dark Esteban dentro de sua cabeça. Os dinossauros também dariam adeus na hora de formar o robô Megazord --tucanos, tatus, capivaras, jaguatiricas e macacos merecem um lugar no panteão da série. 

DIVULGAÇÃO/marvel

Robert Downey Jr. dá vida ao Homem de Ferro  

Homem de Ferro

Lola (Adriana Esteves) matou a principal charada da trama graças aos óculos de Esteban. Ele, na verdade, é o cientista Leon. O acadêmico precisou de um reforço para a visão depois de perder horas para inventar uma máquina do tempo a fim de evitar que o pai, Alejandro (Werner Schünemann), explodisse uma bomba atômica --tecnologia que faria o Homem de Ferro morrer de inveja.

DIVULGAÇÃO/warner bros.

Michael Keaton é o protagonista de Batman: O Retorno

Batman

O heroísmo de Leon é fruto do trauma por ser filho do homem que destruiu Kubanacan. Ele regressa ao passado para provar que Camacho (Humberto Martins) era o verdadeiro responsável pelo programa nuclear do país, e seu pai só estava tentando salvar a pátria. Questões da infância também levaram Batman a lutar contra o crime, porém vestido da cabeça aos pés.

DIVULGAÇÃO/televisa

Roberto Bolaños como Chapolin Colorado

Chapolin Colorado

Esteban atingiu o seu objetivo, mas segue como um ilustre desconhecido no Olimpo dos heróis latinoamericanos. Uma roupa mais marcante como o uniforme vermelho e amarelo do Chapolin Colorado (Roberto Bolaños) poderia corrigir o erro histórico, com direito às antenas de vinil para pressentir o perigo.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do final de Amor de Mãe?