Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BERNARDO DE ASSIS

Ator trans de Salve-se Quem Puder se dá bem em romance com mulherão na TV

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Bernardo de Assis (Catatau) e Juliana Alves (Renatinha) em Salve-se Quem Puder, da Globo

Bernardo de Assis (Catatau) e Juliana Alves (Renatinha) em Salve-se Quem Puder, da Globo

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 29/5/2021 - 7h15

A "segunda temporada" de Salve-se Quem Puder, na Globo, deixou Bernardo de Assis empolgado. Na trama, o ator dá vida ao personagem Catatau, que assim como ele, é um homem trans. Até o fim do folhetim, seu personagem vai se dar bem em um romance pra lá de divertido com Renatinha (Juliana Alves). O rapaz é office boy da Labrador Digital --empresa de Rafael (Bruno Ferrari) e Renzo (Rafael Cardoso) na novela das sete-- e tem uma paixonite pela secretária executiva da firma.

Salve-se Quem Puder começou a ser exibida em janeiro de 2020, mas teve seus trabalhos cancelados em março devido à pandemia da Covid-19. Ao relembrar a ocasião, Assis admite que foi um baque interromper tudo. "Foi um susto quando recebemos a notícia da pausa. As gravações estavam fluindo, e eu estava aprendendo diversas coisas novas", conta para o Notícias da TV.

"A pandemia trouxe um sentimento de incerteza bem forte. Mas não havia muito o que fazer. A pausa foi necessária para priorizar a saúde de todos os profissionais envolvidos", ressalta o ator de 26 anos.

O elenco voltou aos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, somente em agosto. Os capítulos inéditos exibidos atualmente foram finalizados em dezembro. Tudo sob um rígido sistema de segurança sanitária.

Bernardo de Assis: ator trans interpreta Catatau em Salve-se Quem Puder (Foto: Divulgação)

"Toda a equipe estava muito empenhada em fazer o melhor para todos. Então, qualquer sensação de medo que eu pudesse ter, consegui transformar em confiança. A televisão já era algo novo pra mim. Tentei enxergar o novo protocolo como mais um ponto para que eu pudesse me familiarizar", observa.

A trama de Daniel Ortiz é a estreia de Assis nas novelas. Daí a animação em retornar para a segunda parte do folhetim. "Com a redução dos capítulos, alguns personagens tiveram suas narrativas modificadas ou encurtadas. Mas Catatau terá, sim, espaço para sua trajetória, e muitas coisas bacanas irão acontecer", antecipa.

"Só posso adiantar que Catatau e Renatinha ainda vão passar por muitas coisas juntos (risos). Acompanhem", entrega. O Notícias da TV apurou que até a reta final da produção, os dois aparecerão em sequências de puro chamego. Apesar da implicância da secretária, o office boy seguirá correndo atrás da colega de escritório, a quem considera um "mulherão".

Nos capítulos recentes, o roteiro de Salve-se Quem Puder não deixou dúvidas para o telespectador sobre o gênero do personagem na história. "Eu sou um homem, um homem trans!", disparou o rapaz para Renatinha, após ser tratado no feminino. A cena foi ao ar em 21 de maio.

Veja publicação de Bernardo Assis sobre Salve-se Quem Puder:

Ator pede respeito

O pedido de respeito não é o primeiro momento em que a transfobia foi abordada no enredo. Em um desabafo com Alexia (Deborah Secco), Catatau já havia mencionado outra situação de preconceito, que dessa vez tinha partido da própria irmã.

"Eu gosto dela, mas ela infernizou a minha vida quando eu comecei a minha transição. Ela não se conformava de perder a irmãzinha fofa e ganhar um irmãozão de barba e tudo", contou o jovem.

Para Assis, interpretar um homem trans na televisão sendo um ator trans é mais do que um feito importante na dramaturgia. É representatividade.

Sem dúvidas, é uma grande abertura de portas. Não só para a discussão da temática, mas também para a apresentação de outras narrativas. Fomos condicionados a acreditar que pessoas trans só passam por violências, dores e angústias. Não há outra possibilidade para nós. Então, é necessário contar outras histórias para que possamos naturalizar e humanizar vivências trans.

O ator tem orgulho da sua trajetória pessoal. Ele luta em prol da causa LGBTQ+ e não se importa em falar sobre sua transição iniciada há sete anos. "Desde muito jovem, eu já tinha a consciência de que não era mulher, mas a falta de referências me fazia desconhecer o termo 'homem trans' até meus 15 anos, quando soube da história de João W. Nery [1950-2018, primeiro homem trans a fazer uma cirurgia de readequação sexual no Brasil]", relembra. 

"Foram anos de medo e insegurança. Mas, assim que descobri o meu verdadeiro eu, tudo se encaixou. Hoje sou bem mais forte e feliz", afirma.

Em 2018, o artista se submeteu a uma cirurgia para retirar as mamas. Por despertar interesse para sua jornada de vida, Assis costuma receber comentários e questionamentos em suas redes sociais. Aos que costumam fazer perguntas indiscretas sobre sua transição, ele manda um recado.

"Perguntas são válidas, desde que sejam feitas com respeito e cuidado. A questão da curiosidade é que muitas vezes ela já vem carregada de vieses e preconceitos e, no fundo, não diz respeito a quem perguntou", inicia.

"Antes de fazer uma pergunta para uma pessoa trans, pense: 'Essa informação é realmente necessária?' ou 'Eu faria esse questionamento para uma pessoa cis?'. É importante ter esse cuidado", finaliza.

Veja fotos de Bernardo de Assis:


Últimas de Salve-se Quem Puder


Resumos Semanais

Resumo da novela Salve-se Quem Puder: Capítulos de 14 a 17 de julho

Quarta, 14/7 (Capítulo 99)
Kyra fica dividida entre o amor que sente por Rafael e Alan. Luna explica a Mário que Helena foi vítima de Hugo e que ela ama o pai. Ermelinda pede desculpas a Alexia. Helena apoia a ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Quem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?