DESCANSO DE IMAGEM

Após maior geladeira em 30 anos, Antonio Fagundes é liberado a fazer novela

Divulgação

Antonio Fagundes no filme Contra a Parede, que produziu enquanto ficou na geladeira da Globo - Divulgação

Antonio Fagundes no filme Contra a Parede, que produziu enquanto ficou na geladeira da Globo

DANIEL CASTRO - Publicado em 04/09/2018, às 06h11

Fora das novelas desde setembro de 2016, por determinação da cúpula da Globo, Antonio Fagundes finalmente foi liberado para voltar a gravar folhetins. Ele foi escalado na semana passada para o elenco de Bom Sucesso, novela das sete prevista para estrear no começo do segundo semestre do ano que vem.

Fagundes está descansando a imagem por causa do desgastado coronel Afrânio de Velho Chico (2016). O ator, um dos grandes medalhões da teledramaturgia nacional, foi criticado pela interpretação maneirista (falava com a boca mole) e caracterização anacrônica, que tentava forçosamente rejuvenescê-lo com peruca e ternos coloridos. A Globo, para proteger seu "patrimônio", decidiu tirá-lo do ar.

Ao todo, Antonio Fagundes ficará quase três anos sem fazer novelas. É como se a emissora o contratasse por três anos para ele fazer apenas duas minisséries, Dois Irmãos, exibida no ano passado, e a inédita Se Eu Fechar os Olhos Agora. Um luxo em época de crise, mesmo para a Globo.

Na verdade, depois de Velho Chico, Fagundes só gravou Se Eu Fechar os Olhos Agora, já que Dois Irmãos foi rodada em 2015 e engavetada por dois anos.

O ator não descansava sua imagem durante tanto tempo desde o hiato entre Corpo a Corpo (1984) e Vale Tudo (1988). Entre 2010 e 2014, ele fez uma novela por ano: Tempos Modernos (2010), Insensato Coração (2011), Gabriela (2012), Amor à Vida (2013) e Meu Pedacinho de Chão (2014). Entre as duas últimas, nem tirou férias.

Sem trabalho na Globo, Fagundes se decidou àquilo de que mais gosta: teatro e cinema. Ficou mais de um ano em cartaz com a comédia Baixa Terapia e atuou pela primeira vez como produtor de um longa-metragem, Contra a Parede (2018), estrelado por ele e exibido pela Globo no último dia 11.

Em Bom Sucesso, Fagundes interpretará um riquíssimo editor de livros que começa a perder tudo por causa da crise e da falta de interesse do público no seu produto. Ele tem de se reerguer ao mesmo tempo em que enfrenta a ganância de sua família maluca e desequilibrada.

A produção marcará a volta da dupla Rosane Svartman e Paulo Halm, autores do sucesso Totalmente Demais (2015). Luiz Henrique Rios assinará a direção artística.

A protagonista, ainda não definida, viverá uma costureira com cerca de 35 anos que cria os filhos sozinha e vê sua vida mudar por completo em uma grande reviravolta. A história se passará no bairro de Bonsucesso, zona norte do Rio de Janeiro.

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook