Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

COLUNA DE MÍDIA

Luciano Huck cai na armadilha digital e entra para o time dos 'isentões'

Reprodução/TV Globo

O apresentador Luciano Huck faz careta no palco do Caldeirão

Luciano Huck sofre críticas nas redes sociais após declarar que votou em branco na eleição de 2018

GUILHERME RAVACHE

gravache@gmail.com

Publicado em 16/6/2021 - 15h33

Para muitos, Luciano Huck não é um apresentador brilhante. Mas independentemente de sua opinião sobre o desempenho artístico dele, é inegável que o âncora do Caldeirão é um hábil comunicador. Ninguém fica mais de 20 anos no ar na maior emissora do país se não souber o que está fazendo.

No começo de carreira, Huck estagiou nas maiores agências de publicidade do Brasil, trabalhou no Jornal da Tarde --no qual se destacou com a coluna Circulando-- e, aos 23 anos, já estreava na TV trabalhando em um quadro do programa Perfil, de Otávio Mesquita. Aos 24, ele já estava na CNT/Gazeta com um programa da sua coluna.

Depois veio seu programa H, na Band, até chegar na Globo, na qual se tornou a marca das tardes de sábado da emissora. No ano que vem, ele assumirá a liderança do horário de maior prestígio para um apresentador de TV brasileira, ocupando a vaga de Faustão nas tardes de domingo.

Mas, se Huck soube construir sua imagem como poucos e é tão hábil na mídia, o que explica seus recentes fracassos nas redes sociais, na política e até na entrevista ao jornalista Pedro Bial, que tornou Huck alvo de piadas nas redes?

Huck sempre soube o que dizer para agradar a todos (ou não irritar ninguém). E isso funciona muito bem na TV. O problema é que, fora da TV, e particularmente nas redes sociais, as pessoas têm memória longa e não perdoam o que acreditam ser inconsistências no discurso. Até mesmo mudar de opinião é arriscado nesse universo digital.

Além disso, com a crescente polarização na política, é preciso escolher lados, o que Huck se tornou hábil em não fazer (ou não demonstrar) publicamente. Na TV, quanto menos opinião e mais entretenimento, melhor. Resumidamente, a mesma personalidade que o tornou um grande sucesso com as marcas e espectadores o transformou em um "isentão" nas redes sociais.

E a internet não perdoa. Figuras como Jair Bolsonaro, Donald Trump e até João Doria se destacam justamente por serem polarizadoras. Eles sabem que não vão agradar a todos e inclusive se esforçam para chocar a parcela que não os apoia. Ao tentar passar em branco com o tema eleições, Huck conseguiu desagradar aos dois lados.

No online, não há margem para dúvida. E cada vez mais é nas redes sociais que os grandes debates acontecem e as opiniões são formadas. 

Estreia ofuscada

A presença de Huck no programa do Bial era uma maneira de anunciar oficialmente a entrada do apresentador na vaga de Faustão, na Globo, e formalizar sua decisão de adiar a disputa pela presidência.

Porém, quando Huck revelou a Bial que votou em branco na última eleição e reforçou que votaria novamente, a internet logo se lembrou de um vídeo de 2018, no qual o apresentador incentivava o voto em Bolsonaro. 

Como Huck disse que votou em branco, ou consequentemente fingiu apoiar Bolsonaro sem o fazer de fato, ou mudou o discurso mais recentemente para se afastar do presidente e de sua gestão polêmica (para dizer o mínimo). 

Huck era um dos temas mais comentados no Twitter nesta quarta-feira (16). Horas depois, apesar de toda a polêmica, silêncio absoluto nas redes sociais do apresentador. Nenhum comentário sobre a repercussão negativa ou maiores explicações sobre o voto em branco. Bolsonaro, Trump e outros políticos hábeis no digital não ficariam em silêncio. 

Seja como for, Huck ganhou seu crachá de "isentão" no tribunal da web e se tornou alvo de memes e ataques, da mesma maneira que Juliana Paes dias atrás. É um desafio para as grandes celebridades se adaptarem aos novos tempos digitais, nos quais a dinâmica dessas redes exige comportamentos completamente diferentes daqueles que justamente os tornaram ícones na televisão. Afinal, anunciantes normalmente não gostam de polêmica. 

Existe ainda um outro fator influenciado pelas redes sociais. Os artistas se sentem cada vez mais compelidos a assumir um papel ativo, se expondo mais e mostrando suas ideias e opiniões. Mas isso não significa que o famoso por trás das câmeras é tão interessante quanto o famoso na frente da câmera. A temporada de memes e isentões está apenas começando.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas