Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ATÉ 2024

Globo corre para fechar com Ceará e Fortaleza após TNT abandonar Brasileirão

DIVULGAÇÃO/CEARÁ

Clebão e Tite, do Ceará e Fortaleza, disputam bola no clássico Ceará x Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro

Ceará e Fortaleza no Brasileirão: acordo muito bem encaminhado com Globo para TV paga até 2024

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 6/10/2021 - 10h48

Times cearenses que disputam o Campeonato Brasileiro, Ceará e Fortaleza devem ser os primeiros clubes a fechar contrato com a Globo para os direitos de TV por assinatura, após a saída do TNT Sports da liga nacional. A Globo agiu rápido, e as conversas estão bem avançadas. Faltam apenas pequenos detalhes para o anúncio oficial. O acordo valerá por três anos --entre 2022 e 2024.

Presidente do Ceará, Robinson de Castro confirmou em papo por telefone com o Notícias da TV que as conversas correm de forma satisfatória, mas sem dar maiores detalhes. "Estamos conversando, avançando bem, mas ainda não assinamos", disse o mandatário. 

Segundo apurou a coluna, o Vozão e o Leão do Pici conversaram de forma coordenada para o novo contrato. O desejo interno de ambas as partes é anunciar o novo vínculo com a Globo já nesta semana. Mesmo com a união, não foi uma negociação feita em bloco.

"Trocamos conversas com o Fortaleza também, mas não negociamos em bloco, cada um foi com o seu", comentou Castro. Com o acordo, Ceará e Fortaleza passam a ser clubes totalmente da Globo no ano que vem. Já existem vínculos assinados com a emissora por TV aberta e pay-per-view no Brasileirão até 2024.

O modelo de contrato para Ceará e Fortaleza é o mesmo acordado com outros times da Globo para exibição no SporTV. Do valor total, 40% são pagos igualitariamente entre os clubes, 30% pelo número de partidas exibidas, e os outros 30% pela classificação final no Campeonato. No TNT Sports, 50% era repartido igualitariamente, 25% pela audiência das partidas e 25% pela classificação final.

Com Ceará e Fortaleza bem encaminhados, cinco clubes ficam sem destino para o ano que vem na TV por assinatura: Palmeiras, Santos, Bahia, Athletico-PR e Juventude-RS. Nos bastidores, a Globo se mostra bem otimista para conseguir ter todos os jogos que estão disponíveis, principalmente por causa do bom relacionamento com as agremiações.

Saída do TNT Sports do Brasileirão

O TNT Sports, projeto esportivo da WarnerMedia, deixará de transmitir jogos do Campeonato Brasileiro em 2022. O contrato iria até 2024, mas uma cláusula negociada em 2020 permitia que o acordo fosse rescindido ao fim desta temporada.

Na nota oficial sobre a rescisão, a empresa afirmou que o modelo de negociação do Brasileirão deixou de ser interessante porque não permite jogos exclusivos. A venda pulverizada para outras mídias, como empresas do Grupo Globo, limita o desempenho financeiro e de audiência do Brasileirão no TNT Sports.

"A decisão, amparada pela cláusula de saída prevista em contrato, foi tomada porque a oferta de transmissão fragmentada do Campeonato Brasileiro de Futebol não permite à companhia proporcionar uma experiência integral aos seus assinantes. Com venda pulverizada para a TV aberta e outras plataformas, além de outros fatores limitantes como falta de jogos exclusivos e os blackouts, o modelo atual não é sustentável para a companhia", afirmou.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas