70 HORAS DE CONTEÚDO

Fora da TV aberta, UFC lança streaming de graça para conquistar mais fãs no Brasil

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Rodrigo Minotauro em cena série Viver Para Lutar, feito pelo UFC em parceria com o Canal Combate

Rodrigo Minotauro na série Viver Para Lutar, que está disponível no novo streaming gratuito do UFC

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 13/11/2019, às 18h05

Sem contrato com a Globo na TV aberta desde o ano passado, o UFC (Ultimate Fighting Championship) lançou um streaming gratuito nesta quarta (13). O UFC Docs reúne mais de 70 horas de séries e documentários feitos pelo Canal Combate e por produtoras nacionais, como a Conspiração e a Mixer Films, em parceria com a organização de MMA.

A iniciativa inédita é exclusiva do Brasil, o segundo maior mercado para a empresa, atrás apenas dos Estados Unidos, e tem como objetivo conquistar mais fãs interessados em consumir os produtos e o pay-per-view do evento.

"Queremos criar uma conversa com os nossos fãs e apresentar o universo tão extenso das artes marciais para outros públicos. Uma vez cadastrado no UFC Docs, o assinante vai receber sugestões de séries e playlists com temas específicos", explica Daniel Mourão, diretor de marketing do UFC para o Brasil e América Latina, ao Notícias da TV.

No UFC Docs, estão disponíveis 117 episódios de 16 títulos diferentes, que contam a história das mulheres no esporte, da ciência por trás do MMA, da origem das artes marciais e até do próprio UFC --além de outros temas.

O conteúdo pode ser acessado no site ufcdocs.com.br. O streaming não tem aplicativo, mas a plataforma é responsiva para aparelhos móveis, como celulares e tablets. Para assistir aos vídeos, basta fazer um cadastro com nome, e-mail, cidade e data de nascimento.

As lutas ao vivo do UFC continuam disponíveis apenas no canal Combate, pay-per-view que pertence ao Grupo Globo. É possível fazer a assinatura direto com a operadora de TV paga ou então optar pelo Combate Play, que custa R$ 79,90 por mês, e promete "eventos, programas e o melhor do mundo da luta onde quiser".

Na TV aberta, a Globo exibiu as lutas de 2011 até o ano passado, quando acabou o seu contrato com a empresa norte-americana e ela não demonstrou interesse em renovar. Desde então, a emissora aumentou as propagandas do pay-per-view e fez promoções, reduzindo o preço do serviço durante alguns meses deste ano.

UFC São Paulo: SporTV e Combate

Neste sábado, o UFC volta pela terceira vez ao Brasil em 2019 para realizar uma edição em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera. Serão 12 lutas, com destaque para o duelo principal da noite, entre Ronaldo Jacaré e o polonês Jan Blachowicz pelos meio-pesados (até 93 kg). Maurício ‘Shogun’ Rua é outro que sobe ao octógono e tem pela frente o escocês Paul Craig, também pelos meio-pesados.

Na sexta (15), às 17h, o Combate, o SporTV 3 e o Combate.com acompanham a pesagem cerimonial dos lutadores. No sábado (16), às 19h, Rhoodes Lima comanda a transmissão, com os comentários de Luciano Andrade e, no card principal, de Rodrigo Minotauro. O SporTV 2 e o Combate.com exibem as duas primeiras lutas e o canal Combate exibe o card completo do UFC SP.

Tudo sobre

Globo

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está gostando de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook