vilão de série

Após deixar a Globo, Bruno Gagliasso pode voltar a aparecer na emissora em série

REPRODUÇÃO/GLOBO FILMES

O ator Bruno Gagliasso como o personagem Lúcio no filme Marighella (2019), em um escritório

Bruno Gagliasso é Lúcio no filme Marighella (2019); filme será transformado em série de quatro capítulos

REDAÇÃO - Publicado em 13/11/2019, às 08h51 - Atualizado às 13h54

Após pedir para a Globo para não renovar seu contrato, Bruno Gagliasso pode voltar a aparecer na emissora. O ator estrela o filme Marighella (2019), que deve ser transformada em uma série de quatro capítulos. Na história, ele interpreta o vilão Lúcio, um policial a serviço da ditadura que deve caçar o guerrilheiro de esquerda vivido por Seu Jorge.

A informação é da coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo. Questionada, a Globo não confirmou a transformação de Marighella em série e disse que o filme tem previsão de lançamento nos cinemas para o ano que vem. 

O filme dirigido por Wagner Moura tinha previsão de estrear nos cinemas brasileiros no dia 20 de novembro, quando é comemorado o Dia da Consciência Negra, e em memória aos 50 anos da morte de Marighella, completados neste mês.

Como a obra não preencheu todas as exigências da Ancine (Agência Nacional do Cinema), o longa teve seu lançamento cancelado. Os produtores chegaram a declarar que continuariam o processo burocrático para lançar o filme nas telonas, mas, por enquanto, não obtiveram sucesso. 

A cinebiografia do guerrilheiro brasileiro foi o primeiro filme dirigido pelo ator Wagner Moura. Marighella já foi exibido em festivais de cinema de quatro países: França, (Festival do Cinema Brasileiro de Paris), Itália (Bari International Film Festival), Austrália (66º Sydney Film Festival), e Chile (Santiago Festival Internacional de Cine).

Confira o trailer do filme Marighella: 

Saída de Gagliasso 

O Notícias da TV deu em primeira mão que o ator Bruno Gagliasso não renovou seu contrato com a Globo e deixou o elenco fixo da emissora, após 18 anos de casa. A decisão foi tomada logo depois do encerramento das gravações da novela O Sétimo Guardião, em maio deste ano.

Na época, o ator procurou a direção artística para pedir que não fosse escalado para nenhum novo projeto a curto prazo. "O futuro reserva novos trabalhos", escreveu Gagliasso nas redes sociais.

"A emissora desejava renovar o contrato, e o Bruno manifestou seu desejo de trabalhar por obra, de modo que ele possa ter maior liberdade artística. A decisão foi consensual e amigável, com os dois lados felizes. Ressalto que Bruno é grato por todos os anos de contrato e todo o seu amadurecimento como ator na Rede Globo", disse o porta-voz do ator em nota.

Apesar da saída, a Globo propôs ao ator uma série de novos projetos e fez questão de reforçar seu interesse em continuar contando com seu trabalho. 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você mais quer ver no BBB20?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook