BAITA GRANA

Ex-Globo e chefão do Porta dos Fundos faturam na web e ensinam a ganhar dinheiro

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Mara Luquet e Antonio Tabet no programa Segunda Chamada, do canal MyNews no YouTube

Mara Luquet e Antonio Tabet comandam o canal de jornalismo e finanças MyNews no YouTube

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 29/11/2019, às 05h23

Mais de um ano e meio depois de apostarem alto em um canal jornalístico para o YouTube, Mara Luquet e Antonio Tabet estão satisfeitos com o rápido crescimento da plataforma. Enquanto a mídia tradicional enfrenta crise, o MyNews contrata. Nesta sexta (29), a dupla de comunicadores e empresários lança um novo programa: o Baita Grana, que terá como objetivo ensinar as pessoas a ganharem dinheiro.

"A ideia do programa surgiu de uma conversa do Felipe [Miranda, apresentador da atração] com a Mara [Luquet]. Achei interessante porque é um formato que já foi testado e fez sucesso no mercado americano e pode repetir seu êxito no brasileiro, porque o interesse popular por investimentos é crescente", aposta Tabet em entrevista ao Notícias da TV.

O Baita Grana é inspirado em um formato da CNBC dos Estados Unidos, o Mad Money, apresentado por Jim Cramer. O programa no Brasil será comandado por Felipe Miranda, CIO (Chief Investment Officer) e um dos fundadores da Empiricus, além de financista especializado no mercado de ações. A ideia é misturar o assunto dinheiro com uma pegada de entretenimento.

"É uma linguagem simples, divertida, com referências culturais e com piadas. Já faço um pouco isso no meu Instagram. Teremos quadros de entretenimento, mas informativos, vão ter quadros de entrevista também, e eu quero dar ao programa um ar de inclusão e diversidade. É uma atração de educação financeira voltada para as pessoas ganharem dinheiro", explica Miranda.

Na estreia, ele conversará com especialistas de uma gestora de ações do Brasil e com a própria Mara Luquet, jornalista focada em economia que ficou conhecida ao dar dicas sobre finanças em programas e telejornais do Grupo Globo durante quase dez anos. Ela pediu demissão da empresa em julho de 2017 e fundou o MyNews em fevereiro do ano passado.

Mara afirma que não ficou milionária, mas declara que ganha tão bem quanto na emissora líder de audiência. Como sócia do canal, ela tem pró-labore. A empresa tem seis fundadores, a maioria deles largou empregos no Grupo Globo.

O canal conta com um investidor principal, patrocínio e assinantes (membros) que recebem conteúdo exclusivo, como bastidores e lives. A assinatura custa R$ 7,90. Já são aproximadamente 50 pessoas trabalhando para a plataforma, entre colaboradores fixos e freelancers.

"Eu era PJ [pessoa jurídica] na Globo. Há muito tempo não tinha garantias trabalhistas. O diferencial agora é que eu tenho uma parte desse negócio, estou fazendo história e não tem dinheiro que pague isso. É um momento de investimento, mas não temos prejuízo. Nossa receita paga as contas e ainda sobra reserva para investir", disse Mara, em maio.

O discurso é reforçado por Antonio Tabet atualmente. Ele também é um dos fundadores do Porta dos Fundos, que foi premiado na última segunda (25) no Emmy Internacional com o filme Especial de Natal, produzido para a Netflix. De acordo com o humorista e roteirista, o crescimento do MyNews é até mais rápido do que aconteceu com o Porta.

"O MyNews evoluiu muito rápido. Mais rápido até do que o Porta dos Fundos no que se refere a metas de crescimento e patrocínios, por exemplo. Estamos muito orgulhosos. O canal consegue sobreviver e tem excelentes perspectivas. O que é o mais importante neste início de trajetória e no momento que o país vive", conta.

Baita Grana

O MyNews tem 306 mil inscritos no YouTube e acumula mais de 26,5 milhões de visualizações. Novo programa do canal, o Baita Grana será semanal e transmitido ao vivo todas as sextas, a partir das 18h.

"Você tem as mesas-redondas de futebol, você tem debates acalorados sobre política e parece que, quando você vai falar de economia, tem que ser uma coisa chata e enfadonha. Sempre quis misturar entretenimento com as finanças. Tem que ser uma coisa prazerosa falar de dinheiro e de investimento", explica o apresentador Felipe Miranda, de 34 anos.

Assista à chamada do programa abaixo:

Tudo sobre

Globo

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook