Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

BALANÇO

Com 200 milhões de assinantes, Netflix diz que vai parar de pedir empréstimos

Divulgação/Netflix

Leandro Hassum de chapéu de Papai Noel, camisa verde e uma árvore de Natal decorada ao fundo

Leandro Hassum protagoniza Tudo Bem No Natal Que Vem, recorde brasileiro de exibição na Netflix

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 20/1/2021 - 11h35

A Netflix atingiu a marca de 200 milhões de assinantes e afirmou que deixará a prática de pedir empréstimos para financiamento de seus gastos em programas de TV e filmes. A plataforma de streaming deve começar a devolver aos acionistas o dinheiro que lhe foi emprestado por meio de recompras de ações.

No relatório divulgado pela empresa, o longa brasileiro Tudo Bem No Natal Que Vem (2020) ganhou destaque. O filme protagonizado por Leandro Hassum bateu recorde e alcançou mais de 26 milhões de pessoas ao redor do mundo.

A Netflix registrou lucro líquido de US$ 542,2 milhões (o equivalente a cerca de R$ 2,8 bilhões) no quarto trimestre de 2020, uma queda de 7,7% em relação ao mesmo período de 2019.

No entanto, a receita do serviço de streaming somou US$ 6,6 bilhões (cerca de R$ 35 bilhões) entre outubro e dezembro do ano passado, uma alta de 21,5% na comparação com os três últimos meses do ano anterior, segundo a agência AFP.

Recorde brasileiro

O filme Tudo Bem No Natal Que Vem, dirigido por Roberto Santucci e estrelado por Leandro Hassum, atingiu 26 milhões de contas da Netflix em todo o mundo. O longa se tornou o título brasileiro mais visto no país até hoje.

A conta da plataforma no Twitter fez o anúncio da novidade e comemorou o sucesso: "26 milhões de lares em todo o mundo acharam que só iam rir, mas acabaram chorando com Leandro Hassum nas primeiras quatro semanas de Tudo Bem No Natal Que Vem no meu site. O filme é o meu título brasileiro mais assistido no país até hoje! É pavê, sim".

Tudo Bem No Natal Que Vem é a primeira produção nacional da Netflix que aborda o Natal. A comédia conta a história de Jorge (Hassum), que detesta as comemorações de fim de ano, além do próprio aniversário, que é no dia 25 de dezembro. Após um acidente na véspera do feriado, ele acorda e percebe que está vivendo o Natal seguinte, preso em um ciclo interminável de Natais.

Feliz com a marca expressiva de telespectadores, o protagonista comemorou o sucesso em seu perfil no Instagram. "Minha gente, olha essa notícia! Nas quatro primeiras semanas, nós tivemos 26 milhões de lares assistindo ao nosso filme de Natal! Imagina só mais de 26 milhões de pessoas rindo e chorando com Tudo Bem No Natal Que Vem! Obrigado, Netflix, e todo mundo que deu o play!", vibrou o ator.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?