Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

COLUNA DE MÍDIA

Globo lança relatório para divulgar ações de governança e sustentabilidade

Reproducão YouTube

Manuel Belmar, CFO da Globo

Manuel Belmar, CFO da Globo, falou da Jornada ESG e da adesão da empresa ao Pacto Global da ONU

GUILHERME RAVACHE

gravache@gmail.com

Publicado em 14/7/2022 - 20h53
Atualizado em 14/7/2022 - 22h26

A Globo anunciou nesta quinta (14) o lançamento de sua Jornada ESG (Environmental, Social and Governance --em português, Ambiental, Social e Governança).

Como parte da iniciativa, a empresa divulgou o relatório de sustentabilidade da companhia de acordo com as diretrizes da GRI (Global Reporting Iniciative). O material reúne as iniciativas de sustentabilidade da Globo, dos 26 canais de TV por assinatura, do Globoplay e de seus produtos digitais, e passará a ser publicado anualmente.

Alguns críticos podem ver a iniciativa como uma tentativa de melhorar a imagem da empresa para o mercado, mas Manuel Belmar, diretor-geral de Finanças da Globo, refuta a ideia. "Esse é um movimento que começamos há bastante tempo, não é uma decisão ligada a acontecimentos recentes", afirma o executivo. 

Para Belmar, o desafio da Globo e das empresas em geral é comunicar melhor o que fazem, ter transparência. "Temos políticas claras e discutimos isso constantemente com nossos colaboradores, mas achamos que temos de falar muito mais desses assuntos, principalmente para quem não está dentro da Globo." 

Influência nos negócios

O executivo lembra que existe ainda uma questão econômica para que as empresas se tornarem mais sustentáveis. "O ESG tem um peso cada vez maior no mercado financeiro, estamos muito atentos a isso. Está cada vez mais claro que esses são temas fundamentais para qualquer negócio."

A dívida da Globo, pouco mais de US$ 1 bilhão, é praticamente toda controlada por fundos e bancos estrangeiros, que estão cada vez mais exigentes em relação às práticas das empresas no campo ambiental, social e de governança. Ou seja, quem não segue as melhores práticas de ESG é penalizado pelo mercado e se torna mais caro captar dinheiro para realizar investimentos.

A Globo também aderiu ao Pacto Global da ONU, que reúne mais de 20 mil participantes, entre empresas e organizações, em 160 países, e fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania.

Além da questão financeira, a reaproximação da Família Marinho do negócio pesou na decisão. Em outubro do ano passado a Globo anunciou que Paulo Marinho, neto de Roberto Marinho, assumiria a presidência em fevereiro deste ano.

Desde o final do ano passado, iniciou-se uma discussão profunda em torno do tema na diretoria executiva da Globo com a participação dos sócios (os Marinho são maioria entre os acionistas).  

"Nos anos 1960 a Globo já falava de meio ambiente. No Jornalismo, Entretenimento e Esporte abordamos temas de ESG. O relatório que estamos lançando é um compromisso público que estamos assumindo com metas e processos para evoluirmos. Também é uma maneira de honrarmos o que a Globo fez historicamente."

Movimento político?

Diante de um contexto político em que as questões de ESG ficam em segundo plano no governo Bolsonaro, pergunto a Belmar se uma iniciativa como essa, tocando em pautas como o meio ambiente, não seria um posicionamento político da Globo.

“É uma mensagem forte, mas está dissociada de calendário político. ESG não é um negócio de quatro anos. Começamos muito antes e vai muito além. Não existe qualquer agenda política nessa inciativa”.

Uma crescente crítica às empresas de mídia, particularmente do público conservador, é que a inclusão de diversidade estaria "forçando situações" e piorando o conteúdo. Mas essa questão não preocupa Belmar. 

"Nossos princípios editoriais não mudam. O relatório é consequência do que já fazemos. A Globo é vanguardista, e sempre abraçamos essas causas. Mas nosso princípio de isenção não muda. Não é sobre ser contra ou a favor, é sobre gerar debate. Isso não muda nosso abraço ao diverso, seguirá sendo um dos nossos pilares", diz.

Denúncias contra a Globo

Sobre as recentes denúncias de assédio e racismo, Belmar diz que uma empresa com quase 15 mil funcionários está exposta a comportamentos não adequados, mas que existe um histórico de amadurecimento da companhia, com a implementação da ouvidoria, intensificação dos treinamentos e massificação da comunicação interna.

"Temos toda a coragem de olhar, apurar e tomar as medidas que entendemos corretas dentro do código de conduta da organização", afirma Belmar. Mas o executivo lembra que existem limites do que pode ser divulgado, já que "a Globo também tem políticas de privacidade".

Para marcar o lançamento do Jornada ESG, a Globo irá veicular em sua programação um filme que fala dos seis compromissos assumidos pela companhia. A campanha será seguida por mais seis filmes ao longo do ano. Cada vídeo vai detalhar, separadamente, os seis compromissos ESG assumidos pela empresa.

 Conheça os compromissos da Agenda ESG 2030 que a Globo assumiu:

  • Produzir e distribuir conteúdos em sintonia com a sociedade, contribuindo para o desenvolvimento social e ambiental;
  • Promover a diversidade e a inclusão em seus conteúdos e em suas equipes;
  • Investir no desenvolvimento contínuo e no bem-estar dos colaboradores, buscando ser, cada dia mais, uma empresa da qual todos se orgulhem de pertencer;
  • Valorizar e proteger a biodiversidade, promover a consciência ambiental e respeitar os limites naturais do nosso planeta; e
  • Promover uma governança transparente e responsável, pautada pela essência Globo;
  • Apoiar ativamente a educação como vetor de transformação do Brasil.

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.