VERSÃO REALISTA

De Bambi a Branca de Neve: 7 clássicos de animação da Disney que vão virar filme

FOTOS: DIVULGAÇÃO/DISNEY

Imagem de filhote de corça, o personagem Bambi, interagindo com passarinhos azuis, um coelho e outros animais na floresta como cenário

Bambi (1942), desenho animado clássico da Disney, que ganhará uma adaptação realista para os cinemas

HUMBERTO ABDO - Publicado em 29/01/2020, às 05h26

Com várias adaptações de clássicos da Disney em desenvolvimento para os cinemas, Bambi (1942) é o título mais recente divulgado pelo estúdio. As animações em versão realista fazem parte de uma aposta que tem dado certo nas bilheterias, com sucessos como A Bela e a Fera (2017) e O Rei Leão (2019) --no mundo todo, ambos faturaram US$ 1,2 bilhão e US$ 1,6 bilhão, respectivamente.

Embora a Disney use o termo live action (normalmente utilizada para versões com atores de carne e osso) para definir remakes como O Rei Leão, as cenas são todas produzidas por computação gráfica para criar paisagens naturais e personagens com aparência realista.

Até agora, algumas das novas versões dos clássicos da empresa também contam com atores de verdade, como Cinderela (2015), Mogli - O Menino Lobo (2016), Aladdin (2019) e Dumbo (2019), história sobre o filhote de elefante dirigida por Tim Burton.

Saiba quais clássicos da Disney vão ganhar uma nova adaptação: 

Clássico da década de 1940 acompanha a jornada de Bambi na floresta

Clássico conta a história de Bambi na floresta; adaptação será escrita por roteirista da Marvel


Bambi

De acordo com o site Deadline, a animação de 1942 retorna aos cinemas com a história de uma jovem corça e sua difícil jornada de amadurecimento na floresta, o que envolve uma das cenas mais tristes e marcantes no gênero de filmes infantis: a morte da mãe de Bambi.

Geneva Robertson-Dworet, roteirista de Capitã Marvel (2019), e Lindsey Beer foram escolhidas para escrever a história, que terá personagens como o gambá Flower e o coelho Thumper. A animação original recebeu três indicações ao Oscar, todas em categorias de música e som. 

Baseada no conto de fadas dos Irmãos Grimm, a história da princesa Branca de Neve já ganhou várias adaptações cinematográficas

Baseada no conto dos Irmãos Grimm, Branca de Neve já ganhou várias adaptações no cinema


Branca de Neve e os Sete Anões

Roteirista de A Garota no Trem (2016), Erin Cressida Wilson escreverá o texto do projeto baseado no conto de fadas dos Irmãos Grimm, que rendeu o primeiro longa-metragem de animação da Disney, lançado em 1937.

A história acompanha uma princesa que foge de uma rainha invejosa e encontra abrigo em uma casa no interior da Alemanha, onde vivem sete anões com personalidades muito diferentes.

O filme terá novas músicas com os compositores Benj Pasek e Justin Paul, que recentemente escreveram as letras do musical La La Land (2016). Marc Webb, diretor de O Espetacular Homem-Aranha (2012), deve dirigir a adaptação.

Entre os remakes, duas tentativas de resgatar o clássico nos cinemas foram lançadas nos últimos anos: Espelho, Espelho Meu (2012), estrelado por Julia Roberts e Lily Collins, e a versão mais sombria A Branca de Neve e o Caçador (2012), protagonizada por Kristen Stewart. Branca de Neve também é personagem principal na série Once Upon a Time (2011-2018).

Mulan acompanha uma jovem chinesa infiltrada no exército chinês para salvar a vida do pai; filme em live action estreia este ano

Mulan conta a história de uma jovem chinesa infiltrada no Exército para salvar a vida do pai


Mulan

Com estreia prevista para 26 de março deste ano, o remake da animação de 1998 acompanha uma jovem que assume o lugar do pai no Exército para salvá-lo da morte e se transforma em uma das maiores heroínas da China. A protagonista será interpretada pela chinesa Liu Yifei.

O diretor Niki Caro adiantou que o longa deixará de fora alguns elementos vistos na versão animada --como o dragão Mushu e cenas musicais. "Considerando o realismo, não é comum cantar durante uma guerra. Mas honramos as músicas da animação de uma maneira muito significativa", disse ao Digital Spy.

Inspirado no personagem do italiano Carlo Collodi, Pinóquio é um boneco feito de madeira que sonha virar um garoto de verdade

Personagem de Carlo Collodi, Pinóquio é um boneco que sonha em ser um garoto de verdade


Pinóquio

Robert Zemeckis, conhecido por títulos como Forrest Gump (1994) e pela trilogia De Volta para o Futuro, foi escolhido para dirigir a adaptação. Baseado no clássico da Disney de 1940, o enredo retrata um boneco de madeira e sua busca para se tornar um garoto de verdade.

O desenho animado recebeu dois Oscars por melhor trilha sonora original e melhor canção original. Para o papel de Gepeto, o ator Tom Hanks chegou a ser considerado, mas nenhum nome foi confirmado ainda.

Após o fracasso de Dumbo nas bilheterias mundiais, o estúdio considerou produzir o filme apenas para a plataforma Disney+, porém o envolvimento de Zemeckis no projeto deve manter o título como um lançamento para os cinemas.

Peter Pan

Baseado em personagem do autor J.M. Barrie, Peter Pan é um garoto que se recusa a crescer


Peter Pan

Com o título provisório Peter Pan & Wendy, a versão em live action do desenho de 1953 terá direção de David Lowery e será lançada na plataforma Disney+, ainda inédita no Brasil. O longa será gravado entre abril e agosto deste ano, no Canadá.

Baseada na obra de J.M. Barrie, a história acompanha um garoto que se recusa a crescer e transporta três jovens irmãos em Londres para uma aventura mágica na encantada ilha da Terra do Nunca.

A Pequena Sereia

Filme ainda em pré-produção retrata a princesa sereia Ariel, que sonha em se tornar humana


A Pequena Sereia

Com músicas originais do clássico de 1989, o longa será dirigido por Rob Marshall e escrito por David Magee. Ariel, uma princesa sereia que sonha em ser humana, será interpretada por Halle Bailey.

O cantor Harry Styles chegou a ser considerado para o papel do príncipe Eric, mas recusou a proposta. Jonah Hauer-King, que participou de Adoráveis Mulheres (2019), interpretará o par romântico da sereia. O icônico peixe Linguado terá a voz do jovem ator Jacob Tremblay. 

Cruella

Longa-metragem revelará origem da vilã de 101 Dálmatas; data de estreia foi adiada para 2021


Cruella

Com estreia prevista para 28 de maio de 2021, o título não é exatamente uma adaptação, mas uma versão em live action sobre a vilã Cruella De Vil, de Os 101 Dálmatas --que já foi lançado como animação, em 1961, e live action, em 1996. O filme contará a história de Estella, uma jovem que vive nas ruas de Londres em 1970, anos antes de aterrorizar os filhotes de dálmatas de um casal.

Emma Stone (La La Land; A Favorita) será a protagonista do longa dirigido por Craig Gillespie. Emma Thompson (Walt nos Bastidores de Mary Poppins) também integra o elenco no papel de uma baronesa, e Joel Fry (Game of Thrones) viverá o personagem Jasper.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook