Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DIRIGIDOS POR SPIELBERG

Após erótico Cinquenta Tons de Cinza, Band escala clássicos E.T. e Tubarão

DIVULGAÇÃO/UNIVERSAL PICTURES

Montagem de fotos com cenas dos filmes Tubarão (à esquerda) e E.T. O Extraterrestre

Clássicos dirigidos por Steven Spieberg, Tubarão e E.T. - O Extraterrestre vão passar na Band neste domingo (12)

REDAÇÃO

Publicado em 12/4/2020 - 5h26

Revirando o baú de filmes do acervo durante a quarentena, a Band exibirá dois clássicos dirigidos por Steven Spielberg. Uma semana depois de fazer uma aposta em uma dobradinha do fenômeno erótico Cinquenta Tons de Cinza, a emissora escalou os vencedores do Oscar Tubarão (1975) e E.T. - O Extraterrestre (1982) para este domingo (12).

Os dois longas estão na história do cinema mundial e fazem parte da memória afetiva de boa parte da geração que nasceu no século passado. As produções ajudaram Steven Spielberg a ganhar o apelido de "rei de Hollywood".

Primeiro filme a ultrapassar a casa dos US$ 100 milhões em bilheteria, Tubarão foi quem deu origem ao termo blockbusters (arrasa-quarteirões). O filme sobre um preadador que aterroriza a pequena cidade de Amity, na Nova Inglaterra, causou enormes filas nas portas dos cinemas, além de fazer pessoas desistirem de ir à praia na época.

Antes do sucesso, no entanto, os bastidores das filmagens do longa foram tensos. O ainda jovem Steven Spielberg, então com 26 anos, causou um problemão para a Universal Pictures ao se recusar a fazer as cenas aquáticas em um tanque. De olho no realismo, ele impôs gravar em mar aberto. Isso fez com que tanto o orçamento quanto o calendário de filmangens fossem triplicados.

Os problemas com os tubarões mecânicos usados para a trama também faziam com que os atores e a equipe tivessem que esperar um longo tempo até gravar, o que deixava o clima no set bem ruim. Por sorte (e competência), o filme foi um fenômeno nos cinemas e deu uma alavancada na carreira do diretor.

Sete anos depois de Tubarão, Spielberg lançou E.T. - o Extraterrestre. Aclamado pela crítica e amado pelo público, o filme ganhou quatro das nove categorias em que foi indicado ao Oscar e permaneceu durante 11 anos como a maior bilheteria de todos os tempos, sendo superado em 1993 por um outro filme de Spielberg: Jurassic Park.

A sessão de clássicos na Band começa às 19h30, logo depois do Terceiro Tempo, na faixa Domingo no Cinema, com a exibição de Tubarão. Na Sessão Especial, às 21h30, vai ao ar E.T. Veja abaixo os trailers e as sinopses dos filmes:

Domingo no Cinema: Tubarão

Um terrível ataque a banhistas é o sinal de que a praia da pequena cidade de Amity, na Nova Inglaterra, virou refeitório de um gigantesco tubarão branco. O chefe de polícia, Martin Brody (Roy Scheider), quer fechar as praias, mas o prefeito Larry Vaughn (Murray Hamilton) não permite, com medo de que o faturamento com a receita dos turistas deixe a cidade sem recursos.

O cientista Matt Hooper (Richard Dreyfuss) e o pescador Quint (Robert Shaw) se oferecem para ajudar Brody a capturar e matar a fera, mas a missão vai ser mais complicada do que eles imaginam.

Sessão Especial: E.T. - O Extraterrestre

O garoto Elliott (Henry Thomas) faz amizade com um pequeno alienígena inofensivo que está bem longe de seu planeta. Ele decide manter a adorável criatura em segredo e em casa após apresentá-la aos irmãos.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?