Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PAULINHO

Vocalista do Roupa Nova volta a ser internado após transplante de medula

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Paulinho em foto de divulgação do DVD 40 Anos do Roupa Nova, em janeiro

Paulinho em divulgação do DVD 40 Anos do Roupa Nova, em janeiro; músico fez transplante de medula óssea

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 29/9/2020 - 20h49

O músico Paulo Cesar dos Santos, conhecido como Paulinho, vocalista do Roupa Nova, voltou a ser internado no Complexo Hospitalar de Niterói, no Rio de Janeiro, após ser submetido a um transplante de medula óssea e deixar o hospital na quinta-feira (24). Agora, o artista passa por um monitoramento e não há previsão de alta.

A primeira internação de Paulinho foi em 28 de agosto. Ele foi submetido a um transplante de medula óssea autólogo --onde as próprias células-tronco do paciente são usadas-- em 10 de setembro.

O artista teve o sucesso do tratamento confirmado em 21 de setembro, quando os médicos detectaram a chamada "pega da medula". Depois da alta, Paulinho se recuperava em casa, no Rio de Janeiro, até voltar ao hospital.

Ao Notícias da TV, a assessoria do Roupa Nova confirmou o retorno do vocalista de 68 anos ao centro médico. "Ele voltou para acompanhamento e monitoramento da saúde e do procedimento feito", informou em breve comunicado.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas