Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

GYSELLE SOARES

Vice-campeã do BBB8 troca Record pela Band para caçar talentos pelo Brasil

KIKO CABRAL/TV GLOBO E DIVULGAÇÃO/INSTAGRAM

Gyselle Soares no BBB8 (à esquerda) e em publicidade para seu Instagram (à direita)

Gyselle Soares durante participação no BBB8 (à esq.) e em publicidade para seu Instagram

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 1/8/2021 - 6h35

Gyselle Soares, 37 anos, vice-campeã do Big Brother Brasil 8, está de casa nova no Nordeste. A apresentadora trocou a TV Antena 10, afiliada da Record, pela Band Piauí para comandar o Tour da Cajuína, um programa idealizado por ela. A atração tem como pretensão revelar artistas brasileiros nas mais diversas categorias, como música, pintura, dança, entre outros. "Vou ser uma caça-talentos", adianta ela.

Nos últimos dez anos, Gyselle morou na França, onde seguiu carreira artística. No fim de 2019, voltou para o Brasil para passar as festas com a família. Mas a pandemia a fez ficar em terras brasileiras. Segundo ela, os trabalhos foram surgindo. Entre as propostas, um contrato com a TV Antena 10. Na emissora, ela comandou inicialmente o Circuito de Lives do São João do Nordeste e o Verão Piauí, atração com apresentações musicais. 

Aprovada pela audiência, a ex-BBB conquistou o posto de apresentadora do A Hora da Venenosa, dentro do Balanço Geral Manhã. Agora, em 2021, ela se sente pronta para novos rumos. Mais segura diante das câmeras e confiante no ao vivo, ela não vê a hora de tirar o projeto da gaveta. O Tour da Cajuína é uma criação idealizada há meses pela Gyselle Soares Filmes --sua produtora.

"Eu saí com as portas abertas e fiz muitos amigos nesse meu período na Record, onde aprendi bastante e tive a oportunidade de fazer três programas ao vivo. Foi um ano de aprendizado e de grande crescimento profissional. Eu queria novos horizontes, e a Band comprou a ideia desse meu projeto --que eu criei-- de viajar pelo mundo", conta ao Notícias da TV.

"Quando cheguei de férias no Piauí, em 2019, e acabei ficando no Brasil por conta da pandemia, a primeira TV piauiense que me procurou foi a Band. Então, já estamos nesse namoro há bastante tempo, só que não aconteceu. Naquele período, acabei indo para a Record. Agora, com o lançamento do livro [Bonjour! Como Fazer Sucesso Fora do Brasil], surgiu a oportunidade de eles aceitarem esse projeto bem audacioso, que é o Tour da Cajuína", completa.

Gyselle, que foi forte candidata ao prêmio de R$ 1 milhão do BBB8 por exaltar o Nordeste, seguirá com seu propósito de enaltecer a cultura brasileira. Seu programa na Band irá atrás de talentos desconhecidos do Piauí --sua terra natal. Depois, a comunicadora partirá para uma viagem por todo o país.

"Nesse início, será só pelo Piauí. Vou viajar para mais de 20 cidades do Estado atrás de talentos e artistas extraordinários, extravagantes e diferentes que ninguém vê. Vou ser uma caça-talentos, me aventurando pelo meu Estado procurando essas pessoas. A gente vai começar a primeira temporada aqui, e a ideia é fazer depois em outros lugares, como São Paulo, Rio de Janeiro e no Brasil todo", entrega.

"Vou atrás de nomes que não são conhecidos do grande público, mas são extraordinários e diferentes. Eu vou levar a televisão até essas pessoas, conhecer esses artistas escondidos. Estou muito feliz, e a gente já está na produção para começar as gravações em agosto", antecipa.

reprodução/record

Gyselle à frente do A Hora da Venenosa

Gravações driblarão pandemia

Desde que retornou ao Brasil, a empresária se dividiu entre a Record, o lançamento de seu livro de memórias e a produção executiva do filme Amulete, longa em que ela também atuará. Entre tudo isso, concebeu o Tour da Cajuína.

"Gosto muito de criar projetos, programas de TV. Gosto dessa coisa da criação. Não só apresentar e atuar, e isso me excita bastante. Adoro imaginar programas visionários, que eu acho que o público vai gostar e que vai ter uma finalidade para o público, ajudar a autoestima e dar oportunidades para todos", considera.

"Como não tive muita oportunidade no começo [da carreira], quero ir atrás desses talentos totalmente escondidos. Dar voz a essas pessoas com dons vai ser extraordinário. Quero encontrar estilistas, cantores, bailarinos, pintores... Todo tipo de artista que você pode imaginar. Quero estar próxima deles. São muitos talentos que estão escondidos pelo mundo", avalia.

Prestes a iniciar as gravações, Gyselle reforça que sua atração respeitará os requisitos de segurança sanitária contra Covid-19, uma vez que viagens estão nos planos. "Estaremos com todos os protocolos de segurança necessários. Como eu disse antes, a primeira temporada vai ser gravada somente no Piauí. Vamos levar uma enfermeira e teremos toda a proteção para a equipe e para os entrevistados", explica.

"Hoje em dia, o interessante é que o digital está aí para nos facilitar. Podemos gravar em qualquer lugar do mundo. Agradeço muito à Band por ter comprado essa minha ideia audaciosa, mas que tenho certeza de que dará certo. Esse é um dos projetos da minha produtora, a Gyselle Soares Filmes, o que me deixa mais orgulhosa ainda, principalmente por ser uma criação minha", finaliza.

A chegada da apresentadora ao Grupo Bandeirantes de Comunicação tem o aval de André Gasparetti, diretor executivo da Band Piauí. "Ela terá a missão de desbravar e conhecer os principais personagens, artistas e folclores do Estado", destaca.

Depois do BBB8, a artista emplacou trabalhos tanto no Brasil quanto no exterior. Como atriz, ela participou da Turma do Didi (1998-2010), na Globo. Já na Europa, atuou no seriado Camping Paradis, do canal TF1, em 2010. Em 2012, a brasileira estreou no cinema francês no longa Depressão Entre Amigos, do cineasta Arnaud Lemort.

Veja publicações de Gyselle Soares sobre a Band Piauí:


Leia também

Web Stories

+
Harmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?