Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DEBOCHE

Tico Santa Cruz zoa fake news sobre vacina: 'Narrativa bolsonarista é ridícula'

FRANCISCO CEPEDA/AGNEWS

Tico Santa Cruz na plateia do Rock In Rio 2019

Tico Santa Cruz na plateia do Rock In Rio 2019; cantor viralizou nas redes sociais ao divulgar fake news

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 25/1/2021 - 18h32

Tico Santa Cruz tirou sarro durante três dias de uma fake news sobre a vacina contra a Covid-19. Em suas redes sociais, o cantor afirmou que tudo era um plano de extraterrestres para dominar a raça humana. Nesta segunda-feira (25), ele entregou que estava debochando dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. "Meu objetivo não foi ganhar seguidores nem aparecer. Foi somente mostrar para como a narrativa conspiratória bolsonarista é ridícula. Funcionou", declarou o vocalista do Detonautas.

Na sexta-feira (22), o participante de A Fazenda 3, da Record, publicou um vídeo polêmico, que rapidamente viralizou. Na gravação, ele informava os relatos que recebeu de pessoas já vacinadas contra o coronavírus. Segundo elas, um dos efeitos colaterais da medicação era uma descamação no pé e a formação de uma pele semelhante a de um réptil.

"Essa é a maneira que encontraram para conseguir identificar as pessoas que receberam esse plasma, que é como se fosse um chip. Para que as pessoas sejam controladas através de uma inteligência alienígena, que está aportada em uma nave próxima ao planeta Terra", afirmou.

Segundo ele, seres de outro planeta entraram em acordo com cientistas e líderes mundiais em um plano contra a raça humana. "Esses extraterrestres já estão entre nós. Muitos são youtubers, influencers, artistas, cantores e políticos. Pessoas muito famosas infiltradas que vão te convencer a tomar essa vacina, para que você seja escravizado por essa raça", detalhou.

Na teoria da conspiração citada por Cruz, os alienígenas querem levar os vacinados para outro planeta para usá-los na construção de pirâmides e assim dar início a uma nova civilização. Na declaração dele, Bolsonaro teria feito um pacto para que isso acontecesse.

"Ele finge que não quer que as pessoas sejam vacinadas, mas ele quer que as pessoas sejam vacinadas. Ele faz todo esse jogo de cena, mas ele sabe porque fez um acordo", disse. "Eles vão escravizar a humanidade e todo mundo que tomar a vacina vai acabar quebrando solo de outro planeta para construir pirâmides, para que eles possam morar e nós seremos escravos deles", exclamou.

No final de semana, Tico seguiu com vídeos e publicações reiterando as informações do vídeo divulgado. Por causa do teor da gravação, ele passou a receber críticas e comentários de que seria usuário de drogas. "Podem me chamar de maconheiro à vontade", contestou.

Crítica e deboche 

Nesta segunda-feira (25), o músico voltou às redes para esclarecer que a mirabolante história criada por ele partiu de um áudio verdadeiro que recebeu de uma fake news sobre a vacina. Ao ouvir a falsa notícia, ele decidiu levar a conspiração para a internet como se fosse algo que ele acreditasse. Na verdade, ele estava tirando sarro de quem espalha tal invenção.

"O vídeo realmente viralizou! A maioria de bolsonaristas me chamando de drogado e maconheiro, ou seja, eles concordam que essa teoria esdrúxula que compartilham via WhatsApp como conspiração contra a vacina. É uma loucura. Que bom! Se enxergaram", declarou.

"Estou adorando ver os bolsonaristas me tirando de maluco por conta de um vídeo em que estou falando exatamente o que eles passam via WhatsApp, com suas teorias conspiratórias. Só enxergam a loucura quando vêm de alguém do campo oposto ao deles. Bingo", analisou.

Cruz também divulgou a gravação verdadeira que gerou toda a chacota que ele fez durante os últimos três dias em suas redes sociais. "Esse é o áudio original de onde tirei meu texto para o vídeo. Recebi em um grupo na quarta feira [20]. Vejam como nasceu tudo isso. Os fundamentalistas bolsonaristas estão passando [o áudio], e eu que sou o drogado!", exclamou.

Em um outro registro, o artista se mostrou espantado com a repercussão de sua zombaria. "Virou uma loucura e perdeu o controle. Tem amigo meu me ligando, médico e todo tipo de gente. Por eu ter um estereótipo, falam que é coisa de drogado, bandido e maconheiro. Era uma fake news que eu recebi e reproduzi o texto. Gerou toda essa loucura que sustentei por três dias. Foi divertido", iniciou.

"Tem gente que achou que tomei chá de cogumelo. Foi muito engraçado e demos muitas gargalhadas. A galera achou que eu estava usando drogas, LSD [droga sintética]... (risos). Foi engraçado. Foram dias que deram um alívio na minha cabeça, porque não está sendo fácil lidar com tudo isso", continuou.

Para Tico, caçoar das inverdades sobre a vacina foi uma forma de criticar quem desdenha do imunizante. "Vacinem-se! Não vai descamar seu pé. Não vai aparecer nada de pele de cobra. Nada disso. Pelo contrário, você vai se humanizar e a gente vai conseguir se livrar desse coronavírus", finalizou.

Veja vídeo de Tico Santa Cruz que gerou a polêmica:


Confira publicações de Tico Santa Cruz: 


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas