HERDEIRO DE SILVIO

Tiago Abravanel admite medo de perder trabalho ao se assumir gay

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Fernando Poli e Tiago Abravanel no Carnaval de Salvador, na Bahia em fevereiro de 2020

Fernando Poli e Tiago Abravanel no Carnaval de Salvador, na Bahia; neto de Silvio revela medo ao ser assumir

REDAÇÃO - Publicado em 30/06/2020, às 17h50

Tiago Abravanel e sua mãe, Cintia Abravanel, falaram abertamente sobre sexualidade durante transmissão ao vivo em celebração ao mês do Orgulho LGBTQ+. O neto de Silvio Santos admitiu que teve receio de perder trabalhos ao se assumir homossexual. "O nosso medo era justamente se isso pudesse, de alguma forma, prejudicar as minhas relações pessoais e profissionais", confessou.

"Isso é uma coisa que, talvez, seja um dos medos de qualquer família: é a maneira como as pessoas encaram algo que é tão íntimo e pessoal. A maneira como encaram e o que isso pode gerar de mal-estar no convívio", analisou Abravanel.

Para o ator, o tema "sair do armário" causava um receio para ele e para sua família. "Vou ser mais explícito: a gente tinha um medo, acredito que minha mãe teve e, muitas vezes, eu tive também da questão de sair do armário. Por exemplo: eu trabalho muito com o corporativo, faço shows para casamentos e tal", detalhou.

Superar esse temor foi algo que o cantor precisou trabalhar e superar psicologicamente. "Quando eu entendi que se eu perdesse algum trabalho ou fosse cancelado por conta da minha orientação sexual é porque eu não tinha que fazer parte desse meio, é porque eu não tinha que compactuar com esse tipo de empresa", pontuou.

Abravanel frisou que no âmbito familiar, todos sabiam de sua orientação sexual e da presença de Fernando Poli, seu parceiro, em sua vida. Cintia contou que entendeu a orientação sexual do filho quando ele ainda era criança.

"A situação mais gritante foi na sua formatura do Pré [último ano do Ensino Infantil]. E eu tinha receio, sim, porque, infelizmente, a gente vive numa sociedade bem complicadinha. E, no nosso caso, a gente sofria outros bullyings na época por sermos quem somos, da família que somos", disse a mãe de Abravanel.

"Você ouvia sarro por causa do seu avô. Eu cresci ouvindo sarro por causa do meu pai. Então, esse universo para gente foi muito comum de ter que estar sempre na defensiva", concluiu.

Durante o bate-papo, o herdeiro de Silvio Santos contou que foi sua mãe quem o fez entender seus sentimentos quando ele se apaixonou pela primeira vez por um homem.

"Eu sofria e não sabia o que era. Eu não conseguia entender que eu estava gostando de um menino. E minha mãe foi quem falou para mim: 'Filho você se apaixonou por ele e está tudo bem. Você é gay e está tudo bem'. Né, mãe?", relembrou.

Cintia, então, relembrou que a situação acabou virando uma história engraçada na família. "Ele tinha uma namorada. E era a namorada chorando num quarto com a irmã, e ele chorando no quarto comigo. O drama era como é que a gente ia falar para ela do porquê ele estava terminando com ela", divertiu-se.

O artista riu ao relembrar a situação e contou que é amigo até hoje de sua ex-namorada. Veja transmissão ao vivo de Tiago Abravanel e Cintia Abravanel:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook