POLÊMICA

Tatá Werneck cobra supermercado após morte de cachorro: 'Sejam humanos'

Reprodução/TV Globo

Tatá Werneck em participação no Domingão do Faustão: ela tem dois cachorros e 13 gatos e se revoltou - Reprodução/TV Globo

Tatá Werneck em participação no Domingão do Faustão: ela tem dois cachorros e 13 gatos e se revoltou

REDAÇÃO - Publicado em 04/12/2018, às 17h08

A rede de supermercados Carrefour enfrenta uma crise desde a última sexta-feira (30), quando um cachorro morreu após ser espancado e envenenado por um funcionário de uma unidade localizada em Osasco, na Grande São Paulo. As denúncias começaram a viralizar nesta semana, com posts de ativistas. Nesta terça (4), famosas como Tatá Werneck, Luisa Mell e Kéfera Buchmann cobraram a empresa em suas redes sociais. "Sejam humanos", pediu a apresentadora do Lady Night.

Em nota enviada ao Notícias da TV, a rede de supermercados admitiu a gravidade da situação. "O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em sua loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal".

De acordo com a versão de Isabela Marcelino, ativista que fez a denúncia em um post no Facebook que já tem mais de 23 mil compartilhamentos, o cachorro estava pelos arredores da unidade do Carrefour havia uma semana, quando foi espancado por um dos seguranças do local a pedido de um superior.

Tatá Werneck fez duas publicações sobre o caso em seu Instagram. "Um funcionário do Carrefour Brasil matou um cachorro a pauladas numa unidade de Osasco. Não sei nem o que dizer. Espero que o Carrefour tome a iniciativa de, a partir de hoje, salvar milhões de cães e gatos abandonados. Não sei como os responsáveis conseguem dormir sabendo do mal que fizeram", escreveu.

"Aproveitem a crueldade para fazerem a diferença. Comecem a ajudar ONGs que cuidam de animais abandonados. Parem de dar respostas prontas e sejam 'humanos' pelo menos agora", pediu.

"Eu fico imaginando que esse cachorro poderia estar na minha casa, cuidado com todo amor, como o Nino [que teve a perna arrancada] ou a Penélope [que cegaram] ou como meus 13 gatos de rua. Existem muitas pessoas cuidando de animais abandonados", lamentou Tatá.

O Carrefour disse que é o maior interessado que o caso seja esclarecido, mas não mencionou sobre ações que ajudem animais em situação de abandono.

"Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos na reparação desse dano", afirmou em nota a rede de supermercado.

Kéfera exigiu providências (Reprodução/Instagram)

Além de Tatá Wernerck, a atriz Kéfera Buchmann, que está no ar em Espelho da Vida, também cobrou a empresa em seus stories do Instagram. Após uma sequência de prints de ONGs e ativistas relatando o caso, a youtuber questionou: "E aí, Carrefour Brasil? O que será feito com o segurança que agrediu e envenenou o cãozinho de rua que estava no mercado de vocês em Osasco?". 

As atrizes Letícia Spiller e Bruna Lombardi compartilharam o post de Tatá Werneck protestando contra o Carrefour no Instagram. Ativista pelos direitos dos animais, Luisa Mell publicou nos seus stories as imagens da agressão ao cachorro. 

"Iremos acompanhar pessoalmente as investigações, estou chegando agora no Carrefour. Acompanhem no stories. Queremos justiça!", informou. 

Veja as publicações feitas pelas famosas no Instagram. 

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck) em

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Como vcs devem estar acompanhando pelas notícias, um cachorro foi espancado e morto por um funcionário dentro do @carrefourbrasil. Quando vamos entrar na página e reclamar, eles enviam respostas prontas, copiadas e coladas , dizendo que repudiam esse ato. SE REPUDIAM mesmo, sugiro que agora aproveitem essa “chance” (não sei que palavra usar aqui) para assumirem uma responsabilidade pelo ato dentro de suas empresas. Se estão tão chocados quando nos, aproveitem essa crueldade para fazerem a diferença. Comecem a ajudar ONGs que cuidam de animais abandonados. Comecem a doar alimentos para cuidar desses bichos. Parem de dar respostas prontas e sejam “humanos” pelo menos agora. Eu fico imaginando que esse cachorro poderia estar na minha casa cuidado com Todo amor , como o Nino (que teve a perna arrancada) ou a Penélope (que cegaram) ou como meus 13 gatos de rua. Existem MUITAS pessoas cuidando de animais abandonados. Mas ainda sim são muitos que precisam. E aí @carrefourbrasil ? O que vão fazer? E nós? Vamos fazer algo juntos?

Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck) em

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Muito triste 🖤 #Repost @tatawerneck ・・・ Como vcs devem estar acompanhando pelas notícias, um cachorro foi espancado e morto no @carrefourbrasil . Quando vamos entrar na página e reclamar, eles enviam respostas prontas, copiadas e coladas , dizendo que repudiam esse ato. SE REPUDIAM mesmo, sugiro que agora aproveitem essa “chance” (não sei que palavra usar aqui) para assumirem uma responsabilidade pelo ato dentro de suas empresas. Se estão tão chocados quando nos, aproveitem essa crueldade para fazerem a diferença. Comecem a ajudar ONGs que cuidam de animais abandonados. Comecem a doar alimentos para cuidar desses bichos. Parem de dar respostas prontas e sejam “humanos” pelo menos agora. Eu fico imaginando que esse cachorro poderia estar na minha casa cuidado com Todo amor , como o Nino (que teve a perna arrancada) ou a Penélope (que cegaram) ou como meus 13 gatos de rua. Existem MUITAS pessoas cuidando de animais abandonados. Mas ainda sim são muitos que precisam. E aí @carrefourbrasil ? O que vão fazer? E nós? Vamos fazer algo juntos?

Uma publicação compartilhada por Leticia Spiller (@arealspiller) em

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que é mais bizarro em O Tempo Não Para?
Duas mulheres com mais de 60 anos dizendo estar grávidas.
23.60%
Ninguém mandar nenhuma das 'grávidas' fazer teste em laboratório.
11.04%
Vilões que matam pessoas e continuam impunes.
11.55%
De uma novela que descongelou pessoas do século 19 se espera qualquer coisa.
53.81%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook