Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Stênio Garcia revela que foi demitido da Globo por WhatsApp: 'Perseguição'

RAPHAEL DIAS/TV GLOBO

Stênio Garcia está com olhar sério em foto de divulgação de novela

Stênio Garcia: ator veterano foi demitido da Globo após ficar oito anos sem ser escalado

IVES FERRO

ives@noticiasdatv.com

Publicado em 21/5/2022 - 7h00
Atualizado em 21/5/2022 - 14h58

Stênio Garcia foi demitido da Globo em 2020 após ficar oito anos sem ser escalado para nenhum trabalho fixo. Na época, o ator de 90 anos recebeu a notícia de sua saída pelo WhatsApp --já que a pandemia de coronavírus colocou todo o país em confinamento--, não teve a despedida que esperava da empresa na qual trabalhou durante 47 anos, e acusa Silvio de Abreu de "perseguição" nos bastidores. Em relato exclusivo ao Notícias da TV, o ex-diretor da Globo rebate: "História é completamente falsa".

Leia também -> Stênio Garcia nega plástica e pede fim em briga com Silvio de Abreu

"Acho uma pena, porque me sinto com fôlego ainda para trabalhar algum tempo. Eu gostava de trabalhar na emissora. Não tinha a menor noção de que teria uma perseguição individual sobre isso, só soube depois", conta Stênio Garcia em entrevista ao Notícias da TV. Marilene Saade, mulher do ator que também participou do bate-papo, explica que a mensagem do fim do contrato chegou no celular dela.

A "perseguição" citada por Stênio é por parte de Silvio de Abreu, ex-diretor de Dramaturgia da Globo com quem ele tem uma antiga rixa. "Foi por uma razão meio boba. Minha mulher tinha falado mal do Silvio de Abreu no Instagram. Eu acho que qualquer pessoa que interfira no processo de trabalho de alguém não é bom, foi péssimo. Ele não é muito bom-caráter, não", dispara.

"Se ele procura tirar medidas sobre a pessoa que está trabalhando ao lado dele, não é boa pessoa, não quero confabular nada sobre ele. Descobri depois que ele misturou coisas pessoais com profissionais, isso não gosto, não. Ridículo, muito bobo", completou Garcia. A rixa teria sido por conta de um relacionamento que o ator teve com Cleyde Yáconis (1923-2013), grande amiga do novelista, a quem Abreu acredita que o artista fez mal.

O que diz Silvio Abreu?

Silvio de Abreu nega que tenha perseguido Stênio Garcia na Globo. "Essa história é completamente falsa. Nunca aconteceu. Primeiro porque não cabia a mim contratar ou dispensar quem quer que fosse, esse trabalho era do RH. Eu nunca fui consultado sobre a dispensa do senhor Stenio Garcia, e ele nunca me procurou enquanto eu estava no cargo para me pedir nada ou falar que tinha recebido aviso de dispensa", afirma o ex-diretor da Globo ao Notícias da TV.

Nunca tive nem tenho nada contra o excelente ator Stênio Garcia, dono de uma carreira brilhante no teatro, no cinema e na televisão brasileira e lamento profundamente que um talento tão grande desça tão baixo para acusar com uma calúnia descabida um profissional que sempre admirou e respeitou o seu talento.

A saída de Stênio Garcia da Globo

Inicialmente, o Stênio Garcia não deixaria a Globo em 2020: a empresa deu um período de 15 dias para que ele fosse escalado para algum trabalho, ou seria demitido. Na tentativa de salvá-lo, Gloria Perez afirmou que daria um papel para ele em sua próxima novela das nove --mas o folhetim foi adiado pela pandemia, e o protagonista de Carga Pesada (2003-2007) ficou sem saída.

"A Globo foi um mercado de trabalho maravilhoso para mim, ela te dá todas as condições, possibilitou estudar, pesquisar, fornece todo o material para isso. É uma empresa que procura contribuir com o resultado das pessoas que trabalham com ela. Gosto muito da Globo", opina ele, que até o momento não sabe se será escalado para Travessia, trama de Gloria prevista para substituir Pantanal na faixa das nove.

Futuro na TV

Sendo um ator com grande bagagem na história da televisão brasileira, Stênio Garcia acredita que a idade avançada de alguns artistas virou empecilho para as escalações, principalmente com as medidas de segurança contra a Covid-19. Nesse tempo fora da TV, ele participou do filme Me Tira da Mira, com Cleo Pires e Fiuk, e seguiu rígidos protocolos.

"O veterano é o que aprendeu mais, o que mais observou da vida, tem uma reserva muito grande de conhecimento. Não acho isso bom, não [falta de oportunidades para atores mais velhos]. O mercado tem que ser para todos. Existe muito esse conceito de que você tem que ser jovem para trabalhar na televisão, mas o ator nunca é velho. Eu quero continuar a trabalhar, porque o trabalho me alimenta, eu me sinto vivo trabalhando. Se é que eu faço história, eu quero continuar", reflete.

Em abril, Garcia completou 90 anos de idade. Ele atribui a longevidade à intensa rotina de cuidados com a saúde, que vai desde alimentação até tratamentos médicos. Enquanto conversava com o repórter, o famoso estava na sala de espera para fazer uma bateria de exames de rotina, medida que considera importante.

Não é segredo, é uma questão de natureza. Eu sou de uma família com longevidade. Sempre fui muito forte, e procuro os meios para manter isso através de alimentação, comportamento, relação com a própria vida, exercícios físicos. Eu sempre fui um ator muito corporal, procurei atividades que tivessem a utilização do corpo, por exemplo dei saltos mortais, mergulhei, desafiei o espaço, fiz alpinismo, jazz, paraquedismo, pilates, yoga, todas as coisas ligadas a atividades físicas sempre me interessaram. Procuro sempre coisas que acrescentem à minha natureza.

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.