Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CUSTO DE R$ 150 MIL

Retiro dos Artistas tem 60% de queda nas doações em dinheiro; saiba como ajudar

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Presidente do Retiro dos Artistas, Stepan Nercessian concede entrevista em uma rua de casas no asilo

Stepan Nercessian é o presidente do Retiro dos Artistas: asilo teve queda de doações durante a pandemia

VINÍCIUS ANDRADE

Publicado em 30/5/2020 - 6h17

Asilo no Rio de Janeiro onde moram diferentes profissionais que já trabalharam no universo das artes, o Retiro dos Artistas teve uma queda de quase 60% nas doações financeiras desde o início da pandemia, em março. Para manter a estrutura e os 34 funcionários, o local tem um custo mensal de R$ 150 mil. Apesar da queda na receita, os residentes estão em boa situação graças aos mantimentos e utensílios que chegam.

"Se a parte financeira teve essa queda de doações, por outro lado a gente não deixou de ser ajudado com as cestas básicas, álcool, máscara, material de limpeza... Graças a Deus, isso está chegando pra gente e tem nos ajudado muito", explica Cida Cabral, administradora geral do Retiro, em entrevista ao Notícias da TV.

Apesar de estarem todos bem no Retiro, conforme Cida faz questão de reforçar durante a conversa, ela admite que as doações financeiras são necessárias para o bom funcionamento do local.

"Nós temos uma folha de pagamento a cumprir, com 34 funcionários, além dos impostos. Nós temos que fazer um complemento também na alimentação porque na cesta básica vem o básico, precisa completar com produtos, com proteína. A gente tem um custo mensal de frigorífico de mais de R$ 10 mil", destaca a administradora.

Na lista de colaboradores do local, estão enfermeiros, médica, assistente social, psicóloga, nutricionista, terapeuta, motoristas, cozinheiras, copeira, porteiro, funcionários responsáveis pela limpeza e manutenção, além de cinco pessoas no departamento administrativo.

"Não tem um [funcionário] aqui que não valha pelo menos por dois. Porque nós tivemos que reduzir essa folha há algum tempo, até mesmo em função de custos. Mas o espaço é muito grande, a demanda é muito grande pra tudo, aí a gente precisa de gente que trabalhe pra valer", ressalta Cida.

"Também temos um custo grande de material de limpeza, porque o Retiro ocupa uma área de quase 15 mil metros quadrados, com 50 casas, teatro, refeitório, ambulatório, cinema", lista.

Um baque causado na receita do Retiro durante a pandemia foi o cancelamento da tradicional festa junina, organizada para levantar fundos para a manutenção.

"A gente normalmente pagava toda a dívida gerada no primeiro semestre com a festa junina. Mas, infelizmente, nesse ano foi cancelada. A gente precisa muito contar com a ajuda e a colaboração das pessoas também nessa parte financeira, para que a gente possa arcar com os nossos compromissos. Dependemos de grana pra poder pagar", pede Cida Cabral.

Doações arrecadadas na live de Zeca Pagodinho ao Retiro dos Artistas (Foto: Reprodução/Instagram)

Em tempos de pandemia, uma ajuda importante vem das lives musicais. As apresentações online de Roberta Miranda, Fábio Jr., Zeca Pagodinho, Thiaguinho, Dudu Nobre, Diogo Nogueira, Alcione, Latino, Peninha e Paulinho Moska arrecadaram doações para o Retiro. O cantor Elymar Santos também anunciou um show no próximo dia 12 em prol do local.

Além das lives de música, atores como Bruno Gagliasso, Paulo Vilhena e Dudu Azevedo também já conseguiram repassar recursos para o asilo depois das transmissões que fizeram durante o isolamento social. Uma boa parte da classe artística e empresas de diferentes setores ajudam a manter o local em funcionamento. "Tem uma galera boa que não nos abandona", destaca Cida.

Como ajudar?

No Retiro, onde moram artistas como o ator Paulo César Pereio e a cantora Leny Andrade, também há residentes que não trabalharam na frente das câmeras, mas nos bastidores, como camareiros, cenógrafos, cinegrafistas, iluminadores, maquiadores e artista plástico. 

No site retirodosartistas.org.br/doacoes/, existem todas as formas possíveis de ajudar, que vão desde depósitos mensais até a colaboração de uma quantia esporádica. Também é possível usar o cartão de crédito, via PagSeguro, ou ligar nos telefones (21) 3327-4591 / 3382-3730 para saber a melhor forma de enviar a doação. O Instagram é @retirodosartistas.org.br.

"Pode ser com R$ 10, com R$ 20... Toda ajuda é bem-vinda, não importa o valor", fala Cida Cabral, que menciona ainda que os cuidados no Retiro dos Artistas foram reforçados durante a pandemia e as visitas ficaram restritas para reduzir riscos de contaminação de Covid-19.

"Estão todos bem, foram todos testados [pra Covid-19] há duas semanas e todos deram negativo. Mas é importantíssimo, até por conta da pandemia, que a ajuda continue chegando. Quem quiser fazer uma ajuda financeira, basta acessar o site. Aqui estamos tocando, todo mundo com saúde", finaliza ela.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?