AMIGO ENTREGOU

Pegador em novelas, Marcos Pasquim ficou 'na seca' quando gravou Chiquititas

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Marcos Pasquim usando abadá no Carnaval de 2020

Marcos Pasquim curtindo o Carnaval deste ano; ator já ficou dois anos sem transar com ninguém

REDAÇÃO - Publicado em 30/06/2020, às 10h03

Apesar da fama de pegador que tem nas novelas em que trabalha, Marcos Pasquim ficou dois anos sem transar com ninguém na época em que gravou Chiquititas (1997-2001) em Buenos Aires, na Argentina. A "seca" foi entregue por Nelson Freitas durante uma live com Flavia Monteiro na segunda (29). "Porra! Estou aqui", comentou o ator exposto.

"Pasquim não pegava ninguém, não comia ninguém. Passou uns dois anos sem pegar ninguém", afirmou Freitas, que também atuou na novela infantil e, assim como Marcos, fez par romântico com Flavia. Famosos pelo casal Fernando e Carolina, os intérpretes fizeram uma live para relembrar os tempos do folhetim e acabaram soltando alguns "proibidões" da época.

Nelson também afirmou que fez um palpite direto na escolha de quem interpretaria seu rival. "Entrei numa sala e vi fotos de três atores para fazer o personagem que seria o novo par da Carolina. Joguei as fotos dos outros dois na basura [lixeira, em espanhol] e falei: 'É esse aqui', sinalizando o Pasquim. Eu já o conhecia dos tempos de Blue Jeans [musical]", contou ele.

Pasquim participou de Chiquititas entre 1998 e 1999. Após esse período, se firmou na Globo e ficou marcado por interpretar diversos personagens conquistadores e quase sempre com pouca roupa. Em Uga Uga (2000), deu vida a Van Damme, que terminou a novela cercado de filhos de diferentes personagens.

Em O Quinto dos Infernos (2002), Marcos viveu um fogoso Dom Pedro. A personalidade de mulherengo se repetiu em novelas como Kubanacan (2003), na qual voltou a viver um par com Flavia Monteiro; Bang Bang (2006), em que apesar de estar vestido, continuava conquistando as mulheres; e Pé na Jaca (2007), onde viveu Lance, um personal trainer que fingia ser homossexual para transar com as alunas.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook