Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

USO MEDICINAL

Na Inglaterra, Paul McCartney esconde plantação de maconha para evitar roubos

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Paul McCartney em publicação para seu Instagram em agosto de 2021

Paul McCartney em publicação para seu Instagram em agosto; cantor planta maconha

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 6/10/2021 - 15h00

Paul McCartney, 79 anos, revelou que esconde uma plantação de maconha em sua fazenda, em Peasmarsh, na Inglaterra, para evitar roubos de adolescentes da região. "Os jovens entram e roubam", disse ele sobre o motivo de proteger seu cultivo.

Em entrevista para o Mirror de terça-feira (5), o ícone dos Beatles falou sobre sua plantação de cânhamo, uma espécie de cannabis conhecida por seu baixo teor de THC (tetra-hidrocanabiodiol). O produto pode ser usado para fazer medicamentos, óleos e até cosméticos.

"Na verdade, estamos apenas começando a cultivar cânhamo, o engraçado com as regulamentações governamentais é que você tem que mantê-lo onde as pessoas não possam ver, porque todos os jovens entram e roubam", disse o músico.

Em sua fazenda, McCartney também planta trigo, centeio e ervilhas. O artista é vegetariano e consome os produtos que cultiva, pois tudo é orgânico. "Quando comprei a fazenda, havia alguns campos onde os rapazes da fazenda diziam: 'Não há minhocas nesses campos. Não há vida'. Isso porque basicamente tudo o que você fez foi aplicar pesticidas e, em seguida, colocar fertilizante. Eu pensei, 'Ok, isso é um desafio, vamos nos tornar orgânicos'", relembrou.

No entanto, ele tratou de destacar que não fuma maconha e que seu motivo para isso é nobre. "Eu não faço mais isso. Por quê? A verdade é que eu realmente não quero dar um [mau] exemplo para meus filhos e netos. Agora é uma coisa dos pais", finalizou.

O lado fazendeiro e investidor do ex-Beatle também produz cerveja, que ele envia apenas para amigos. "Ouvi dizer que um vizinho estaria vendendo um terreno próximo ao nosso. Então fui lá e disse: 'Ouvi dizer que você está vendendo um jardim de lúpulo'. Resumindo, consegui e pensei: 'Tenho que começar a fazer lúpulo'", contou.

"Fui a um cervejeiro local que fica na vila perto de nós e disse: 'Você pode fazer cerveja para mim? Vou plantar o lúpulo e você junta tudo, tudo orgânico'. Foi o que ele fez", contou.

O curioso disso tudo foi o nome que o compositor deu para sua cerveja. A inspiração veio quando ele encontrou um cogumelo bem diferente em sua fazenda. "Eu estava cavalgando com Linda [McCartney, sua mulher, morta em 1998] um dia pela nossa floresta. Parei e disse: 'Você não vai acreditar no que vai ver agora'. Ela disse: 'O quê?'. E me alcançou", narrou.

"Era um stinkhorn, é um fungo branco, ereto e muito fálico. Parece um pênis ereto e, ao lado dele, o que é ainda melhor, havia outro que era como um pênis flácido. Eu disse: 'Não me culpe, isso é a natureza'. Então, assim que se chama a nossa cerveja, Old Stinkhorn [velho stinkhorn]", finalizou.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas