Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MAL INTERPRETADA

Mel Maia é acusada de machismo por frase de dupla interpretação e apaga vídeo

Reprodução/Instagram

Mel Maia de cabelo preso e biquíni azul na cachoeira

A atriz Mel Maia foi acusada de machismo após mostrar "como não ser assediada" por homens na rua

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 25/11/2020 - 8h19

Após ser apontada como transfóbica, Mel Maia foi acusada de machismo nesta quarta-feira (25). Ela fez um vídeo com uma frase de dupla interpretação em seu Stories, em que aparecia cobrindo o corpo com muitas roupas e escreveu na legenda: "Como não ser assediada". Após saber que seu nome estava nos assuntos mais comentados do Twitter, a atriz apagou a publicação e se justificou.

As imagens causaram revolta nas redes sociais e os internautas refletiram sobre a fala da jovem, alegando que ela estaria insinuando que vítimas de assédio teriam culpa por conta da roupa que vestem.

Mel, então, usou o mesmo espaço na web para se defender das acusações. Segundo ela, tudo não passou de um engano, já que a sua intenção era ser irônica: "Eu vi que tinha algumas pessoas comentando sobre o vídeo da roupa, e foi mais uma ironia mesmo. Porque a mulher entende que a gente se sente mais confortável sair na rua daquele jeito, apesar de o erro não ser a roupa", disse.

Na sequência, a artista de 16 anos revelou que deletou as imagens. "Eu preferi tirar o vídeo para vocês não entenderem errado. Toda mulher sabe que é assediada de burca, de calça, de short. O erro não é a roupa, só para deixar isso claro para vocês", completou.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?