Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ÚNICO CONTÁGIO

Marcos Mion revela mal-estar em gravação de Caldeirão por sequela da Covid: 'Bizarro'

DIVULGAÇÃO/GLOBO

Marcos Mion, de camisa preta, sorrindo durante uma entrevista

Marcos Mion admitiu ter sentido falta de ar durante gravações na Globo por sequelas da Covid

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 8/6/2022 - 23h25

Marcos Mion admitiu que contrair Covid-19 em maio o deixou com algumas sequelas. Entre elas, o apresentador da Globo reclamou da falta de fôlego e da tosse insistente, problemas, inclusive, que o afetaram no trabalho. Ele afirmou que teve que baixar o tom da voz durante a gravação de alguns programas para manter o ar por mais tempo: "Coisa bizarra", definiu ele nas redes sociais.

O assunto veio à tona quando Mion decidiu questionar os seguidores sobre as sequelas da doença. O marido de Suzana Gullo estava na academia pela primeira vez após se curar e começou a relatar as dificuldades em relação às sequelas.

"Primeiro treino de perna pós-Covid. Para quem já pegou, o fôlego demorou a voltar? É normal? Loucura. Gravei dois programas ontem [terça, 7 de junho], dois Caldeirolas (...). No meio do meu texto inicial, eu vi que eu já não tinha mais fôlego. Meio, não. Até antes de chegar no meio. Aí eu baixei, fui falando assim, mais baixo, para segurar", contou.

Na sequência, Mion admitiu que, quando a câmera mudava de posição para filmar os jurados, ele aproveitava para tomar fôlego novamente, respirando bem fundo. "O fôlego vai embora", resumiu.

"E ainda fica uma tossinha, né. Já me falaram que essa tossinha vai demorar alguns meses para passar. Que vírus do mal, pelo amor de Deus. Como eu agradeço ter conseguido segurar até ter as três vacinas no braço", continuou Mion, acrescentando que, assim como Paulo Gustavo, que morreu da doença em maio de 2021, sempre teve muito medo de contrair Covid. 

Suzana Gullo, apesar do resultado positivo do marido e de também ter contraído o vírus --não uma, mas três vezes--, sempre foi assintomática. De acordo com Mion, a mulher teve um leve desconforto da primeira vez, mas nas seguintes seguiu a vida normalmente. "Sorte", definiu.

Veja o relato completo de Marcos Mion no vídeo:. 


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.