Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SONHO BIZARRO

Marcos Mion desabafa sobre pesadelo com coronavírus: 'Acordei com falta de ar'

REPRODUÇÃO/RECORD

O apresentador Marcos Mion em programa especial de fim de ano da Record

Marcos Mion em programa da Record; apresentador relatou sonho com coronavírus neste domingo (29)

REDAÇÃO

Publicado em 29/3/2020 - 13h52

Em um desabafo feito nas redes sociais, Marcos Mion contou que teve um pesadelo em que era infectado pelo coronavírus (Covid-19). "Sem conseguir respirar, me afogando no seco. Acordei sentindo falta de ar", relatou o apresentador da Record na tarde deste domingo (29). Momentos depois, o titular de A Fazenda apagou a publicação.

"Que desespero", lamentou Mion no Twitter. Ativista pelas medidas de prevenção contra a doença, ele ainda aproveitou para perguntar aos seguidores se mais alguém estava sonhando com a pandemia. Por alguma razão, ele deletou o tuíte e não mencionou o assunto novamente. 

No Instagram, o funcionário de Edir Macedo tem compartilhado cada vez mais conteúdos referentes à Covid-19, como forma de conscientizar a população sobre os perigos do vírus. Recentemente, ele teve uma discussão com o empresário Roberto Justus por visões opostas a respeito do isolamento social.

Confira o desabafo de Marcos Mion no Twitter: 

reprodução/twitter

Desabafo de Marcos Mion no Twitter, na tarde de domingo; apresentador apagou publicação

Na semana passada, Marcos Mion virou alvo de uma polêmica após a divulgação de um áudio em que Roberto Justus diverge da opinião do apresentador a respeito das medidas de prevenção contra o coronavírus.

O funcionário da Record negou ter sido o responsável pelo vazamento do arquivo compartilhado em um grupo particular de WhatsApp. "Parem de polêmica, parem de polarizar. Tá todo mundo no mesmo barco", declarou o titular do reality A Fazenda.

Pela ferramenta Stories do Instagram, Mion decidiu se pronunciar sobre a discussão com o apresentador da Band, ocorrida no domingo (22). Em uma conversa, o titular de O Aprendiz declarou que o isolamento e paralisação do trabalho, medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde, eram exagero e minimizou o número de mortes por coronavírus no Brasil e no mundo.

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.