Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RINHA

Marcelo Tas debocha de Rafinha Bastos e chama ex-CQC de 'Romero Britto da comédia'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE/TV CULTURA

Montagem de fotos com o apresentador Rafinha Bastos (à esquerda) em vídeo de seu canal no YouTube; e o apresentador Marcelo Tas (à direita) durante participação no Roda Viva, da TV Cultura

Ex-colegas no extinto programa CQC, da Band, Rafinha Bastos (à esq.) e Marcelo Tas (à dir.) trocaram farpas

REDAÇÃO

Publicado em 22/8/2020 - 15h29
Atualizado em 22/8/2020 - 15h52

Após ser chamado de "véio da Havan" por Rafinha Bastos, Marcelo Tas debochou do ex-colega de bancada no CQC - Custe o Que Custar (2008-2015) e o chamou de "Romero Britto da comédia" na manhã deste sábado (22). "É popular, tá tentando uma carreira nos EUA, mas não é um Pablo Picasso. O Romero pelo menos já ficou rico. Força, guerreiro!", comparou o apresentador da TV Cultura nas redes sociais.

No Twitter, Rafinha compartilhou a piada de Tas e aproveitou para ameaçar expor supostos podres do antigo funcionário da Band, da época em que trabalharam juntos. "Ah... O dinheiro é medida de sucesso pra você, Tas? Oh... Isso é uma grande surpresa pra mim (Band 2011)", ironizou o youtuber.

"O Marcelo Tas é o Pelé da Comunicação: Já foi admirado por muitos, hoje só aparece quando fala merda", comparou Rafinha, em referência ao jogador de futebol famoso mundialmente. 

Confira a troca de farpas:

Na terça-feira (18), Marcelo Tas acordou cancelado nas redes sociais por dizer no Roda Viva de segunda (17) que não existem humoristas na China e em Cuba, declarações feitas durante a sabatina do humorista Marcelo Adnet.

Em seu perfil no Twitter, Rafinha comparou o intérprete do Professor Tibúrcio a Luciano Hang, empresário dono das lojas Havan e conhecido na internet pelo apelido pejorativo de "véio da Havan". "Só agora vocês perceberam que o Tas é o véio da Havan? Talvez seja a hora de publicar o meu livro A Verdadeira História do CQC. No aguardo do contato de alguma editora interessada", declarou ele. 

Veja: 

Ex-colegas de CQC

Ao lado de Marco Luque, Marcelo Tas e Rafinha Bastos dividiram a bancada do CQC por vários anos. Bastos deixou o programa após soltar um comentário ofensivo sobre a cantora Wanessa Camargo, que estava grávida na época, em 2011. Na ocasião, o humorista disse que "comeria ela e até o bebê dela", com uma conotação sexual. A emissora o suspendeu por duas semanas, e ele pediu demissão. 

Já Marcelo Tas seguiu no programa até 2014, quando saiu por não ter mais como mudar o formato da atração que mesclava humor e jornalismo. Ele foi substituído por Dan Stulbach, mas o Custe o Que Custar chegou ao fim em 2015.

Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?