Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DESVIO DE VERBAS

Mara Maravilha alfineta sertanejos: 'Nunca mamei na teta da Rouanet'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

A cantora Mara Maravilha em uma cadeira gamer em frente a um microfone estúdio de gravação

Mara Maravilha em entrevista ao 011 Podcast; ela defendeu o posicionamento de Anitta em treta

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 9/6/2022 - 11h09

Mara Maravilha soltou o verbo sobre as recentes investigações em relação aos cachês acima do valor de mercado pagos com dinheiro público a cantores sertanejos. Ela disse que não tomaria partido de Anitta, mas ressaltou que a colega de profissão trouxe um tema importante à tona. "Eu posso falar que não devo nada a ninguém e nunca mamei na teta da Lei Rouanet", disparou.

A artista soltou o verbo sobre os altos e baixos da carreira em entrevista ao 011 Podcast. Ela afirmou que muitos de seus companheiros, inclusive os do gospel, não tem consciência sobre a sua importância na sociedade.

"Eu sei o que é viver um ministério de duas décadas, conhecer o lado pobre e o lado glamuroso do Evangelho. Fazer missão nos Estados Unidos, com compra em shopping e tour pelos pontos turísticos? Até já fiz. Mas quero ver você ir até a África. Ou no Recife, que está alagado", emendou.

Mara faz referência às fortes chuvas que deixaram ao menos quatro Estados da região Nordeste em situação de calamidade:

Cadê os artistas que ganham milhões? Eu não estou defendendo a Anitta, mas ela mesma falou: 'peguei alguma verba da Rouanet? Não, então estou fora dessa lista'. No dos outros é refresco. É muito legal ser popster por uma ou duas décadas. Mas e o nosso país?

"A cidade sem estrutura de saneamento, segurança, saúde e educação vai lá e paga mais de um milhão por um show? Onde está o valor da nossa arte? Da essência do artista? Não estou falando que a gente não tem que ganhar bem, mas tem que ter critério. Eu não devo nada a ninguém e nunca mamei na teta da lei Rouanet", complementou ela.

Treta com Xuxa

Mara mais uma vez voltou a erguer a bandeira branca para colocar fim aos desentendimentos com Xuxa Meneghel:

Perdoe-me se for capaz. Parece que eu estou sendo irônica, mas não estou. O bom para a memória é a juventude. Quando a gente é jovem esquece menos. Eu tenho tanta história com ela. Já fui na casa dela, não uma ou duas vezes, nos camarins. Ela me deu roupa, presente. Tem coisas que como ser humano eu não entendo.

A apresentadora, no entanto, fez uma mea culpa. "Tem coisas que foram colocadas sem eu ter dito e outras que falei mesmo. Errei. No fundo, eu amo a Xuxa. Eu não concordo com muitas coisas. É um direito meu e uma liberdade dela em se posicionar", arrematou a baiana.

Confira a entrevista de Mara Maravilha ao 011 Podcast:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.