OBCECADO

Lee Taylor recebe ameaças nas redes sociais por papel em A Dona do Pedaço

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem do ator Lee Taylor em cena da novela A Dona do Pedaço, da Globo

O ator que interpreta Camilo em A Dona do Pedaço está sofrendo ameaças em seu Instagram

REDAÇÃO - Publicado em 02/10/2019, às 18h35

Intérprete de Camilo em A Dona do Pedaço, Lee Taylor vem recebendo ameaças do público em suas redes sociais, por causa da obsessão perversa de seu personagem por Vivi Guedes (Paolla Oliveira). A atuação de Taylor está tão convincente que telespectadores estão descontando no próprio ator a indignação com suas atitudes.

"Te odeio", "Tenho vontade de te bater" e "Você vai tomar uns 'pipocos'" são alguns dos comentários feitos nas últimas postagem do ator em sua conta no Instagram. A reação do público diante do cárcere privado e até mesmo da falta de comida que Vivi está enfrentando surpreende o ator.

Em entrevista ao jornal Extra, Lee Taylor contou que entende essa reação: "Esse tipo de comportamento [de Camilo] é intolerável, inaceitável. A reação das pessoas em relação a isso é coerente com a conduta desse personagem que vive um momento muito caótico".

Nas redes sociais do ator, há também muitos elogios à sua atuação e comentários defendendo que Chiclete (Sérgio Guizé) deveria ser preso pelos crimes que cometeu, como quer Camilo. Outros dizem para ele esquecer a vingança contra a filha de Otávio (José de Abreu).

Em um post sobre o casamento do policial com a influencer, o ator brincou: "Agora só falta me amar". A resposta do público foi imediata: "Isso nunca vai acontecer", "Amor não se obriga", dizem os comentários. Confira: 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Agora só falta ela me amar... #leetaylor #adonadopedaco #camiloinvestigador #mariadapenha #machismomata

Uma publicação compartilhada por Lee Taylor (@lee_taylor) em

Outro assunto que é muito citado pelos telespectadores em suas postagens é o machismo de Camilo, o que faz com que o ator examine a si mesmo: "Me percebo bastante. Claro que tenho formação, cultura que é diferente da maioria da população, mas percebo o machismo em mim a todo momento. É uma coisa arraigada que, às vezes, a gente não percebe", relata.

O ator ainda recebe desabafos de fãs que vivem realidades iguais ou piores do que a personagem de Paolla Oliveira: "Uma menina me relatou que passou por isso, sendo forçada a fazer sexo com o ex-marido".

Taylor condena as atitudes de seu personagem: "Ele não só está sendo machista, mas cometendo crime ao manter uma pessoa em cárcere privado".

Lee Taylor aproveita as postagens para chamar atenção sobre o problema ao usar hashtags como "Maria da Penha" e "Machismo mata". Sobre a barbaridade que se reflete na sociedade, ele diz: "Difícil qualquer homem brasileiro, hoje, dizer que não é machista, porque isso aparece, a gente querendo ou não", lamenta.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.27%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
27.00%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook