Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FILME ITALIANO

Kevin Spacey volta ao cinema quatro anos após confessar abuso sexual

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Francis Underwood (Kevin Spacey) na direita sentado em sofá com pernas cruzadas olhando para a esquerda e segurando um copo com mão direita

Francis Underwood (Kevin Spacey) em House of Cards; ator foi demitido da série após o escândalo

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 24/5/2021 - 9h15

Kevin Spacey fará seu primeiro papel num filme após assumir que cometeu assédios sexuais ao longo de sua carreira. Ele foi confirmado no elenco do filme italiano L'uomo Che Disegno Dio (O Homem Que Desenhou Deus, em tradução livre), do diretor Franco Nero. Spacey foi acusado de abusar sexualmente de atores (alguns menores de idade) em 2017, e pelo escândalo ele foi demitido da série House of Cards (2013-2018), da Netflix. Desde então, estava afastado de trabalhos na TV, no teatro e no cinema.

O longa-metragem contará a história de um artista cego que tem habilidade de desenhar retratos de pessoas baseado apenas em suas vozes. Aos 61 anos, Spacey terá um pequeno papel na trama como um detetive policial.

Em 2017, o ator foi acusado de assédio e abuso sexual por pelo menos 20 homens, alguns deles menores de idade na época em que os crimes foram cometidos. Os ataques datam, na maioria, entre 1995 e 2013. Há relatos de casos em anos anteriores.

Em meio ao surgimento das acusações, Spacey revelou ser gay e pediu desculpas pelo que assumiu ter feito. Ele não foi condenado judicialmente pelos abusos.

O último trabalho dele foi o filme O Clube dos Meninos Bilionários (2018), lançado após o escândalo. Um ano antes, o diretor Ridley Scott refilmou todo o drama Todo o Dinheiro do Mundo (2017), para substituir o ator por Christopher Plummer (1929-2021) na obra que já estava finalizada.

A mais recente entrevista de Spacey ocorreu em 2020, quando falou ao podcast norte-americano Bits & Pretzels. "Acho que não é surpresa para ninguém dizer que meu mundo mudou completamente no outono de 2017. Meu trabalho, muitas das minhas relações, minha posição na minha própria indústria, tudo se foi em questão de horas", comentou.

Ele ainda fez analogia entre o drama de pessoas que tiveram que deixar seus empregos na pandemia da Covid-19 com sua situação longe das câmeras. "Ainda acredito que muitas das dificuldades emocionais são praticamente as mesmas. Por isso eu tenho empatia por como é, de repente, te falarem que você não pode voltar ao trabalho ou que você pode perder seu emprego", disse na entrevista.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas