Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ROBERTO CAZZANIGA

Jogador namora falsa Alessandra Ambrosio durante 15 anos e perde milhões

Reprodução/Instagram

Montagem com fotos do jogador de volêi Roberto Cazzaniga e a modelo Alessandra Ambrosio

O jogador Roberto Cazzaniga e a modelo Alessandra Ambrosio em fotos publicadas nas redes sociais

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 24/11/2021 - 20h00

O jogador de vôlei italiano Roberto Cazzaniga perdeu milhões em um golpe após passar 15 anos acreditando namorar a modelo brasileira Alessandra Ambrosio. O atleta conheceu uma pessoa à distância que utilizava fotos da top model e dizia se chamar Maya. Com o discurso de que precisava de dinheiro para tratar problema cardíacos, a estelionatária arrancou da vítima cerca de 700 mil euros (R$ 4,3 milhões).

O caso envolvendo Cazzaniga foi revelado em uma reportagem exibida no canal italiano Mediaset. A pedidos da família do atleta, jornalistas reuniram provas para mostrar que o italiano estava caindo em um plano orquestrado pela golpista.

De acordo com a reportagem, os familiares começaram a se preocupar com o fato de o jogador estar se relacionando com uma namorada à distância e começaram a suspeitar dos altos valores envolvidos nas transações financeiras dele.

Segundo o portal local Il Fatto Quotidiano, Cazzaniga fez empréstimos para continuar enviado dinheiro para a falsa Alessandra Ambrosio. "Tenho tantas dívidas, não é fácil 'acordar do coma'", afirmou, emocionado, o jogador.

A imprensa italiana aponta que uma amiga pessoal do jogador ajudou a golpista a arrancar os altos valores de Cazzaniga e seus familiares. A reportagem revelou que a falsária se chama Valeria e mora em Sardenha, ilha italiana localizada a oeste da costa do país europeu.

Em contato com jornalistas, Valeria negou que seja a idealizadora do golpe. Após a exibição da reportagem, Cazzaniga prestou queixar à polícia local e o caso será oficialmente apurado.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.