Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

YOUTUBER INFANTIL

Irmão de Felipe Neto, Luccas chora ao falar sobre acusação de pedofilia: 'Fake news'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

O youtuber Luccas Neto em vídeo publicado no Instagram nesta quarta-feira (17)

O youtuber Luccas Neto desabafou nas redes sociais sobre notícias falsas a seu respeito nesta quarta (17)

REDAÇÃO

Publicado em 17/6/2020 - 14h02

Youtuber e irmão de Felipe Neto, Luccas Neto chorou ao rebater as acusações de que faz apologia à pedofilia em um vídeo publicado nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (17). "Essas fake news foram longe demais", desabafou o produtor de conteúdo voltado ao público infantil. O empresário apareceu chupando uma garrafa e um doce gigante em uma montagem compartilhada na internet. 

Sem citar nomes, Luccas disse que um homem o viu em um vídeo em que ele come uma bala gigante e interpretou como um brinquedo sexual. "Chama super gummy, se você colocar no YouTube todo mundo aparece comendo essa bala/doce gigante. Mas esse cara achou que era um produto erótico de sex shop. É inacreditável. Onde vai a mente do ser humano de achar que eu faria um vídeo assim", disse, indignado. 

"O cara fez uma publicação afirmando e me acusando de praticar pedofilia no meu canal, que eu praticava coisas [eróticas] no meu canal. Ele será processado. Depois que ele percebeu que era notícia falsa, ele apagou a postagem, mas o print é eterno", alertou Neto.

Na sequência, o produtor ressaltou que a disseminação de fake news não prejudica só a ele, mas as crianças que lhe assistem e os funcionários da empresa dele. "As crianças me assistem por causa dos episódios novos que saem todos os dias no meu canal", explicou ele, que produz uma websérie sobre aventuras de super-heróis.

O irmão de Felipe também falou sobre outro vídeo que circula nas redes sociais. Neste, Luccas aparece em um compilado de imagens que também citam falas problemáticas de PC Siqueira, youtuber acusado de envolvimento com pedofilia

Na montagem, o dono do canal Luccas Toon encontra uma garrafa de vidro em um freezer, pergunta se pode "fazer besteirinhas com ela", e enfia na boca várias vezes, dizendo que é uma delícia. Ele, então, explica que as imagens foram retiradas de contexto e mostra o vídeo original. A garrafa é feita de açúcar e é explicado que ela é um objeto de efeitos especiais usado em filmes.

"Eles invertaram a ordem das falas. Nessa época eu nem fazia vídeo para criança. Era uma época que eu não consultava ninguém para fazer vídeos. Essa notícia falsa sobre mim, nesse vídeo que estão espalhando [e que] foi deletado do meu canal há muito tempo, não por causa dessa cena, porque a maldade está nos olhos de quem vê, mas devido ao exagero de açúcar, já que estávamos fazer uma jujuba gigante."

"Todos que propagaram essas notícias serão processados na área cível e na área criminal, não é nenhuma novidade, vocês sabem que eu vou fazer isso", completou. 

Em seguida, o youtuber ficou emocionado no seu desabafo. "As pessoas vão continuar acreditando, eu me manifestando ou não. Mas o importante é que você que me apoia e confia no meu trabalho continue comigo, porque é muita gente envolvida nesse trabalho", disse Luccas, limpando as lágrimas. 

Confira o desabafo de Luccas Neto no Instagram: 

Leia também

Web Stories

+
Como Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileiros

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?