Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO RIO DE JANEIRO

Integrantes do Roupa Nova se despedem de Paulinho em velório restrito

FOTOS: AGNEWS

Ricardo Feghali, de máscara preta e camisa de manga curta, cercado por algumas pessoas

Ricardo Feghali foi ao velório de Paulinho nesta quarta (16) se despedir do colega do Roupa Nova

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/12/2020 - 17h04

O corpo de Paulo César dos Santos, mais conhecido como Paulinho, vocalista e percussionista do Roupa Nova, foi velado no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (16). Integrantes da banda estiveram na cerimônia, restrita à família e aos amigos, e se despediram do músico, que morreu na noite de segunda (14) em decorrência de complicações da Covid-19.

Cleberson, Ricardo Feghali, Kiko e Fábio Nestares, que estava substituindo Paulinho no grupo musical, estiveram no Memorial do Carmo, no Rio de Janeiro, para dar adeus ao amigo. Depois da cerimônia, o corpo do vocalista foi cremado, o que era um desejo dele. 

A mulher do músico, Elaine Bastos, utilizou um colar do marido que tinha o logo do Roupa Nova, além das alianças. A filha Twigg chegou acompanhada da namorada, Rebecca Villares, e do irmão, Pepê Santos. Os dois também são cantores.

Horas depois da morte do pai, Twigg fez uma homenagem nas redes sociais. "Meu amor por toda a eternidade, nos encontraremos, meu pai, porque somos um só, e uma metade sempre encontra a outra. Que Deus te receba como você merece. Te amo mais que demais", escreveu.

Foram enviadas várias flores de amigos como forma de homenagem no velório. Entre elas, estavam as de Chitãozinho & Xororó, Zezé Di Camargo & Luciano e do sertanejo Daniel.

Paulinho morreu aos 68 anos em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, doença causada pelo coronavírus. Ele foi internado em 3 de novembro, quando ainda estava em recuperação de um transplante de medula óssea autólogo --no qual as próprias células-tronco do paciente são usadas-- para tratar de um linfoma. 

Segundo comunicado do Roupa Nova, o artista sofreu uma parada cardiorrespiratória que levou à falência dos órgãos. Ele era do grupo de risco e tinha comorbidades, entre elas o fato de ter passado pelo transplante.

"A banda agradece a todos os fãs, familiares, amigos e artistas pelo carinho que estão recebendo, certos de que a passagem do Paulinho foi/será de muita luz. Continuem mandando bons pensamentos para que ele tenha um descanso em paz", disse o grupo nas redes sociais.

Carreira

Paulinho esteve com o Roupa Nova desde a sua formação original, há mais de 40 anos. Com a banda, o cantor e percussionista recebeu em 2009 o Grammy Latino de melhor álbum pop contemporâneo brasileiro, categoria em que o grupo concorreu com nomes como Rita Lee, Ivete Sangalo, Skank e Jota Quest.

À frente do Roupa Nova, o músico já dividiu os vocais com importantes nomes de música nacional, como Ivete Sangalo, Zélia Duncan, Elba Ramalho e Zezé Di Camargo & Luciano.

Dono de uma voz potente, o vocalista ficou conhecido por hits marcantes, como Canção de Verão, Clarear, Sensual, Volta Pra Mim, Whisky a Go-Go, Linda Demais, Meu Universo É Você e Vício, além de músicas mais recentes, como À Flor da Pele, A Lenda e A Metade da Maçã.

Em 2009, por conta de problemas de saúde, Paulinho, em um dos raros momentos que se afastou do grupo, foi substituído em três shows pelo ex-vocalista da banda Rádio Táxi, Maurício Gasperini. Mas logo se recuperou e voltou à ativa. 

Cleberson e a mulher 

Coroa de flores de Zezé Di Camargo

Fábio Nestares no velório de Paulinho

Kiko no velório de Paulinho

Conrado no velório de Paulinho

TUDO SOBRE

Coronavírus


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.