Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LUTO

Fundador dos Novos Baianos, Moraes Moreira morre aos 72 anos no Rio de Janeiro

Reprodução/Facebook

O cantor e compositor Moraes Moreira de óculos escuros, cabelo longo e bigode

O cantor e compositor Moraes Moreira, que morreu nesta segunda-feira (13), no Rio de Janeiro

REDAÇÃO

Publicado em 13/4/2020 - 12h37
Atualizado em 13/4/2020 - 12h54

Morreu nesta segunda (13) o cantor e compositor Moraes Moreira, aos 72 anos. Ele faleceu enquanto dormia em sua casa no Rio de Janeiro, segundo a assessoria de imprensa dos Novos Baianos, grupo do qual foi um dos fundadores. A causa da morte foi um infarto. O artista foi um dos nomes mais importantes da Música Popular Brasileira e autor da música Pombo Correio, que já serviu de vinheta de abertura do Jornal Hoje, na Globo.

Antônio Carlos Moreira Pires nasceu na cidade de Ituaçu, na Bahia, e começou a se interessar pela música ainda na adolescência, tocando violão na escola. No início da vida adulta, ele se mudou para Salvador, onde começou parcerias profissionais com vários outros músicos.

Ao lado de Baby Consuelo, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão, Moraes Moreira fundou os Novos Baianos, em 1969, um dos grupos mais importantes da história da MPB. Os quatro companheiros já foram informados da morte de Moreira.

Ele seguiu carreira solo a partir de 1975 e lançou mais de 20 discos, com sucessos como Vassourinha Elétrica, Bloco do Prazer e Pombo Correio, que inclusive serviu de tema de abertura para o Jornal Hoje (a versão atual é uma adaptação da canção). O artista também foi um dos primeiros cantores a se apresentar em um trio elétrico na Bahia.

Em 2008, Moraes Moreira lançou um livro chamado A história dos Novos Baianos e outros versos, em que contava a trajetória do grupo em literatura de cordel e abordava curiosidades de sua carreira. Em 2015, os Novos Baianos se reencontraram para uma turnê em homenagem ao álbum Acabou Chorare, um dos clássicos da música brasileira.

No último dia 18 de março, o artista se comunicou com seus fãs pelas redes sociais dizendo que estava bem em sua casa no Rio. "Cumprindo minha quarentena, tocando e escrevendo sem parar", afirmou. Ele publicou um poema que escreveu e desejou a todos "boa sorte". A postagem mais recente dele é de 28 de março, quando compartilhou uma poesia de sua autoria para servir como alento neste momento.

Moraes Moreira deixa um filho, Davi Moraes, que também é músico. Nas redes sociais, artistas têm se manifestado em homenagens ao cantor.

"Deixa saudade e uma grande obra", disse Gilberto Gil no Instagram. "Estou devastada com a morte de Moraes. Meu amigo, um gênio da música brasileira, uma fundamental referência para todos nós. Ele sempre foi o nosso poeta do carnaval. O trio elétrico está de luto. O Axé está de luto", declarou Daniela Mercury, na mesma rede social.

"Meu coração chorou com a partida desse Mestre da nossa MPB. O legado de Morais Moreira fica como um símbolo da grandeza da produção musical baiana da sua geração", lamentou a cantora Margareth Menezes no Instagram. Lulu Santos desejou uma boa viagem ao amigo.

TUDO SOBRE

Obituários

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?