Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

QUARENTENA PARA TODOS

Fora do ar por coronavírus, Humberto Carrão defende manter salário de diaristas

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Humberto Carrão em cena da novela Amor de Mãe, da Globo

Humberto Carrão em cena de Amor de Mãe, que sairá do ar; ator mantém salário de diaristas que está isolada

REDAÇÃO

Publicado em 18/3/2020 - 8h43

Com a interrupção de Amor de Mãe como medida de prevenção contra o coronavírus, Humberto Carrão, que sairá do ar, defendeu que profissionais autônomos --como diaristas-- devem ficar de quarentena em casa, mas com seus salários mantidos. "Quem tem um salário regular e fixo tem que ajudar as outras pessoas a ficarem em casa e evitarem transporte público", declarou o intérprete de Sandro na trama de Manuela Dias.

Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, Carrão contou que aderiu ao movimento de celebridades nas redes sociais que pede para que a população fique em casa, a fim de evitar a expansão do vírus. 

O ator ressaltou a responsabilidade social com o coletivo e que é tempo de avaliar privilégios, sendo necessário falar com quem trabalha por conta e perguntar qual é a melhor forma de proceder nesse período de pandemia global. 

"É um momento de precaução. É uma quarentena. Vai passar em algum momento, mas é importante todos terem consciência", disse o funcionário da Globo, que também concordou com a pausa nas gravações da novela das nove. 

"Foi uma decisão acertada. As novelas fazem parte da vida dos brasileiros há muito tempo. É algo inédito uma obra ser interrompida no meio por um motivo desse. Isso mostra a gravidade da situação", avaliou Carrão. 

O astro reconheceu que aderir à quarentena em casa é um privilégio para quem pode, mas que é uma medida muito necessária. "É uma chance de minimizar os danos do coronavírus para que não aconteça o que houve com a Itália: sistema de saúde sobrecarregado, com poucos respiradores e pouca gente para ajudar", finalizou. 

Com a paralisação em Amor de Mãe, a Globo exibirá um compacto da novela Fina Estampa (2011), escrita por Aguinaldo Silva, na faixa das nove. Nos bastidores, profissionais da produção de Manuela Dias temem que a novela fique sem final, já que os telespectadores podem perder interesse pela história de Lurdes (Regina Casé), durante o tempo indeterminado para controle da pandemia. 


Saiba tudo que vai rolar nos próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros:

Listen to "#6: Despedida, grande revelação e assassinato: Prepare-se para uma semana quente nas novelas!" on Spreaker.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do início do BBB21?